quarta-feira, outubro 26, 2005 Margarida Lozano 9 Comments

Como puzzles

Acho engraçado a forma como os temas de conversa, embora diferentes, interligam-se como puzzles. Numa conversa entre amigos, falaram-se, por ordem, dos seguintes temas:

Aulas - Amizades - Atitudes - Futebol - Sexo - Adolescência - Crianças - Política - Psicologia (...)

(reparem como o tema "crianças" interligou com "política")

9 comentários:

terça-feira, outubro 11, 2005 Margarida Lozano 5 Comments

Para aqueles (de Felgueiras) que votaram na Fátima F.:

Porquê...? PORQUÊ...??

5 comentários:

segunda-feira, outubro 10, 2005 Margarida Lozano 3 Comments

1ª Companhia

Instrutor para Castelo-Branco:

- Você não é uma nódoa, é um borrão!

É impossivel não se rir com esta observação.

3 comentários:

segunda-feira, outubro 03, 2005 Margarida Lozano 3 Comments

Eclipse

Acordei com a sensação de ser 7h da matina: estava frio, o sol pouco iluminava... Quando fui ver o relógio eram quase 10 horas. Achei bastante estranho... Liguei a televisão e voilá, a razão: o eclipse!

3 comentários:

segunda-feira, outubro 03, 2005 Margarida Lozano 3 Comments

Quando preparavam o velório de um homem brasileiro, é que três horas depois aperceberam-se que estava a respirar.

Tenho ouvido muitas histórias (reais) como esta, como também, pessoas que são enterradas vivas sem que alguém dê conta, e fico sempre a matutar na minha cabeça este tipo de coisa e imagino-me na mesma situação que elas (e logo eu que sofro de claustrofobia). É um desespero de tal maneira que até a mim me doi só de pensar.

Situações como esta: As familias só se aperceberam do sucedido quando vêem o caixão arranhado na parte d'entro ou com o corpo virado de barriga para baixo...

Das duas uma: ou sou cremada ou vou em frente com a porcaria do caixão na condição de levar a caixa de ferramentas.

3 comentários: