quinta-feira, dezembro 30, 2010 Margarida Lozano 17 Comments

Encontros que deram mais sabor ao 2010

  
  
Hoje reuni na minha mente as recordações de encontros quase-perfeitos que deram mais ênfase ao meu 2010. Por incrivel que pareça, eu não gosto do Starbucks só pelo chocolate quente ou pelo delicioso Frappuccino... Gosto mais pelo seu "atrevimento" de me proporcionar os encontros mais fantásticos com as pessoas que amo. Tal como diz uma amiga minha "há momentos próprios para cada Best-of", dos quais nos é possível marcar vários "Best Of" que nos vão enchendo de vida. A amizade sabe pela vida!... O Starbucks também.
  
    
Aproveito para vos desejar um ano 2011 cheio de muitos bons momentos, realizações e... muito amor.  
   
  

17 comentários:

quarta-feira, dezembro 29, 2010 Margarida Lozano 20 Comments

E é assim que são apanhados!
   
     
Quando pretendo revelar as fotos da minha máquina asseguro-me de que me encontro no local certo para o fazer. Desde que soube de uma loja no C.C. Colombo que utiliza fotografias dos clientes para certos fins sem que tenham qualquer tipo de autorização por parte dos clientes, eu simplesmente evito ao máximo as lojas de fotografia. Esta loja tem em sua posse um álbum com fotografias íntimas de vários clientes da mesma - fazem uma cópia de fotografias, que acham mais intimas/engraçadas, e metem num álbum (só para os funcionários) com o objectivo de se divertirem. Por isso, escolham bem as fotos que querem revelar ou simplesmente evitam sítios que não confiam o suficiente.
   
  

20 comentários:

terça-feira, dezembro 28, 2010 Margarida Lozano 14 Comments

É preciso uma paciência...

 
Quando o meu colega de trabalho abre a boca é daqueles momentos em que sabemos que vai sair de lá uma bomba. Posso dizer que eu hoje caí na sua rifa - o que não é novidade nenhuma porque acontece-me quase todos os dias. Ele tem uma personalidade muito, muito característica, e que leva a que muitos saiam de lá com uma paciência a esgotar. A verdade é que NÃO É FÁCIL aturar algo do género: quando um dos meus colegas tenta ajuda-lo enquanto ele manda-lhe calar e ser preferível não ser ajudado, quando ele fala connosco e se por alguma razão não estamos a olhar para ele (mas sempre atentos ao que nos diz) faz questão de mandar postas como «Importas-te de me dar atenção?? Se não queres ouvir acabamos já aqui!», quando ele sente que todos estão a conspirar contra ele, quando se por ventura o trabalho não corre bem culpa sempre quem está envolvido, quando a inveja corrói por dentro e diz à chefe «uns são filhos e outros são enteados»... O meu colega é muito individualista e não sabe trabalhar em equipa. O que por vezes choca um bocado connosco. Ontem, tentou toda a tarde saber o nome do meu blog... cá para mim quer é festa, mas desejo-lhe toda a sorte do mundo para o descobrir. Continua a ser boa pessoa, mas quando a minha paciência esgota não consigo evitar um «Onde estão os teus 50 anos?».
  
   

14 comentários:

domingo, dezembro 26, 2010 Margarida Lozano 16 Comments

Uma conversa, mil sensações

 

Isto de trabalhar na véspera de natal tem muito que se lhe diga! No entanto, o que aprecio nas poucas horas de trabalho é a afinidade entre colegas... Nada melhor que uma boa conversa! Todos nós fazemos questão de falar das nossas experiências, e uma das que mais me marcou foi saber a história do irmão de uma colega minha. Se nos queixamos do que muitos hospitais e clínicas andam a fazer, imaginem então o que era a 40 anos atrás - as condições para saber a saúde de um bebé eram terríveis, as tecnologias eram poucas, e a mentalidade... também. Há 40 anos atrás, a mãe da minha colega estava grávida de 6 meses do sexto filho; foi a uma consulta para saber o resultado de um exame, e o médico simplesmente receitou-lhe duas injecções. Quando a mãe vai pedir a receita dada pelo médico, a farmacêutica pergunta-lhe: então mulher, tu engravidas-te cinco vezes e ainda queres matar o teu filho?
... Ela não fazia a menor ideia que o médico receitou-lhe duas injecções para matar o bebé. Isto tudo por quê? Com o resultado do exame que ela fez, descobriu-se que o filho tem Trissomia 21. Daí, tudo o que vinha imperfeito alguns médicos rejeitavam; simplesmente não davam hipótese das famílias escolherem ficar com os bebés. Embora o médico tenha levado com um processo em cima e impossibilitado de exercer, não deixou que muitas crianças vivessem. Senti cá uma revolta!
   
   

16 comentários:

quinta-feira, dezembro 23, 2010 Margarida Lozano 13 Comments

Aqui fica o desejo para todos
   
  
   
  

13 comentários:

quinta-feira, dezembro 16, 2010 Margarida Lozano 20 Comments

Se há coisa que nós gostamos de saber...
  

   
... é boas notícias.


A realidade é lixada. Somos bombardeados, todos os dias, com más notícias nos canais televisivos, nas revistas, nos jornais, na rua... Indiferente para nós? Um «não» muito a fugir; e quando digo "fugir" é porque, quase que por instinto, queremos mudar de assunto para não ficar a "moer" no nosso espírito - por vezes conseguimos, outras vezes não; por vezes queremos... outras vezes não. 
No entanto, deixei de me interessar em recorrer a meios de comunicação para saber informações sobre o mundo, isto porque mesmo sem recorrer ás mesmas quase tudo vem parar a mim - temas de conversa assim o permitem, e ainda bem! Então, já que me "farto" de enervar e entristecer devido a esse bombardeamento inevitável do dia-a-dia...  Faço-me de persistente clicando simplesmente aqui. Nós também precisamos disto! De boas notícias!  
  
 
*não querendo, com isto, dizer que devemos ignorar ao que acontece [de mau] no mundo.
 

20 comentários:

segunda-feira, dezembro 13, 2010 Margarida Lozano 26 Comments

Conversas #17
(está explicado!)

  
Bloguótico
     
B. - Sou uma criança problemática... ainda fico com problemas psicológicos na adolescência... e uma vez adulto ninguém me levará a sério, e culpa de quem??? Tua!
Eu - Sabes uma coisa? Deste-me uma ideia para um post. Sabes o que acabaste de dizer? É exactamente isso que vai.
B. - Wow!!...

 
Falou-se em eu ter contratado uns "capangas" que lhe bateram, drogaram-no e forçaram a pousar assim p'ra foto. (... eu?!)
 
Apesar de tudo, é um excelente rapaz!
   Excepto quando começar as ameaças, após este post*.
   
  
*Post feito com autorização do mesmo.
   

26 comentários:

sexta-feira, dezembro 10, 2010 Margarida Lozano 23 Comments

Agarrar o momento



Se o momento perfeito existe é devido a quem o cria. Por isso, usufruem cada momento dos vossos dias; digam o que têm de importante para dizer, desfrutem de um bom abraço, cedam a um beijo arrebatado, ofereçam o vosso melhor sorriso, e sintam cada palavra dita de forma intensa... não interessa quando ou onde. O importante é fazer do presente um momento feliz. Bom fim-de-semana.

   

23 comentários:

quinta-feira, dezembro 09, 2010 Margarida Lozano 18 Comments

Traição
 

Numa conversa entre colegas, partilhávamos algumas opiniões sobre relações amorosas. Era evidente que tinhamos opiniões muito distintas: o meu colega dizia que não admitiria que a namorada o traísse embora "exigia" que esta aceitasse a traição dele; por outro lado, a minha chefe dizia que caso o marido desse "umas voltas" com outra mulher, ela não iria achar uma traição. Bom... sem comentários, desta vez opinem vocês! (risos)
   
 

18 comentários:

Bem Estar #8

quarta-feira, dezembro 08, 2010 Margarida Lozano 13 Comments






A Clean & Clear tem um produto muito bom, principalmente para peles oleosas - Deep Action Folhas Anti-Brilho.
Este produto é composto por 50 folhas que limpa a oleosidade da pele sem retirar a maquilhagem. Infelizmente, pelo que me apercebi, não se encontra à venda em Portugal.
   
   

13 comentários:

segunda-feira, dezembro 06, 2010 Margarida Lozano 20 Comments

Já me chamaram muita coisa...



É certo que quando não agradamos ás pessoas, estas por vezes têm tendência a cuspir adjectivos até não haver mais. Entretanto, no que toca a persuadir-me para algo favorável, não sei se será boa ideia tratarem-me por cartão... até porque quando olho para o espelho não me identifico como tal. 
     
   

20 comentários:

domingo, dezembro 05, 2010 Margarida Lozano 12 Comments

7 perguntas, 7 respostas, 7 blogues



7 Coisas que tenho de fazer antes de morrer.
1. amar
2. orar
3. comer
(sim, isto faz lembrar um filme mas é tal e qual ao que sempre fiz)
4. viajar
5. dedicar
6. formar
7. não deixar nada por dizer

7 Coisas que mais digo.
1. «mesmo!»
2. «valha-me Deus»
3. «por favor»
4. «não»
5. «obrigada»
6. «como está?»
7. «epá»

7 Coisas que faço bem.
1. escutar
2. surpresas
3. desporto
4. escrever
5. um projecto
6. pintar
7. gerir

7 Defeitos meus.
Tenho alguns como toda a gente, mas apenas refiro o que mais se destaca: a teimosia.

7 Qualidades
Eu sei as minhas qualidades, assim como não é novidade para as pessoas mais chegadas a mim; no entanto, os seguidores/bloggers, que passam pelo meu blog, acabam por conhecer um pouco sobre mim através de posts... daí esta questão fica por vossa conta. :)

7 Pessoas que vão responder ao desafio.
Como sei que algumas pessoas não gostam de participar, dou então liberdade a quem queira participar neste desafio. Força! ;)
  
    
Este desafio foi proposto pela simpática Su, do blog O Meu Olhar
  

12 comentários:

quinta-feira, dezembro 02, 2010 Margarida Lozano 17 Comments

Demorou... mas chegou!

  

Uma das coisas que a mim não me impressionou foi saber que a Power Balance em Espanha irá pagar uma multa de 15 mil euros devido à publicidade enganosa. 
Tudo tem uma explicação, e aquela que me davam numa tentativa de me convencerem em relação ao equilíbrio, força e flexibilidade era absolutamente nula; simplesmente não havia como explicar uma coisa que não passava de um simples plástico. Lamento que as pessoas tenham tido a coragem de gastar dinheiro nesta "fraude" que não foi vendida por pouco! 
Tudo não passava da cabeça das pessoas... mas qual equilíbrio?!
  
   
*toda a informação aqui.
  

17 comentários:

segunda-feira, novembro 29, 2010 Margarida Lozano 19 Comments

Definição de "Confiança"



  
confiança
s. f.
1. Coragem proveniente da convicção no próprio valor.
2. Fé que se deposita em alguém.
3. Esperança firme.




Exemplo:
 
Nada é dado por garantido quando uma relação não tem confiança. Antes pelo contrário, destrói.
Os ciúmes corroem por dentro e não deixa a pessoa pensar com clareza para depois agir em bom senso. Ninguém se sente bem em ter ciúmes, e nem aturá-los. Saber que somos controlados, confrontados (sem razão) e até mesmo perseguidos, é como tirar a nossa independência, sermos "obrigados" a algo que não somos só para agradar e sobretudo é reconhecer que não têm consideração por nós. 
Eu deposito a máxima confiança a quem merece... até mostrarem o contrário; e nunca tive coragem para ter uma relação que não fosse com base na confiança. Não tenho coragem porque tenho o direito de ser feliz e viver em paz comigo própria, assim como dói vivermos uma vida a dois sem o essencial. 
Temos duas opções: ou existe um diálogo sério para tentar ultrapassar a falta de confiança, ou então cada um é livre de seguir o seu caminho...
   
   

19 comentários:

domingo, novembro 28, 2010 Margarida Lozano 19 Comments

Conversas #16
(elogio do dia)



[enquanto falava com um amigo, reparei que ele estava extremamente sério]
   
Eu - ... O que foi?
Ele - Eu ao pé de ti sinto-me um ignorante!...
Eu - (desato a rir)
Ele - A sério! É a maneira como falas...


Surpreendi-me. Foi um elogio bastante genuíno... e soube tão bem.
  
    

19 comentários:

quarta-feira, novembro 24, 2010 Margarida Lozano 32 Comments

Tu


Os vossos blogs, a chuva e uma caneca de chocolate quente coabitam em perfeita simbiose.
Agrada-me ler cada palavra vossa como se de um livro se tratasse... Já me ri, chorei, assustei-me, enervei-me... e também já li muita parvoíce. Não obstante dizer, que cada essência vossa é única. Essa mesma essência capaz de despertar sensações, curiosidades, nostalgia, num arrepiar de emoções fortes. Sentem o mesmo? Eu sinto bem à flor-da-pele... num impulso que me "obriga" a cooperar convosco: seja numa opinião, numa palavra de conforto, num elogio sincero, ou para a parvoíce se for preciso.  É a partir daí que vou conhecendo-vos, pelo menos o essencial que me leva a gostar de vocês enquanto bloggers.
Vocês provocam, no bom sentido! Verdade. Já pensaram no quanto as vossas palavras introduzidas no blog, fizeram mudar alguém ou uma vida? Através de experiências. Portanto, cada dia saio deste "mundo" a pensar... pelo menos em como posso ser um pouco melhor em certas situações. 
Mas nem tudo neste "mundo" tem o seu lado bonito da coisa! Quanto a isso, prefiro não dar o tempo de antena; e deixar-me levar neste momento zen só meu. 
Provocar boas sensações não deveria ser só em part-time; e se é para provocar então que seja em pessoas-sem-excepção, em qualquer hora, e em qualquer lugar. Toda a gente precisa. 
Este post é dirigido a vocês - seguidores e bloggers que eu sigo.
   


  
P.S.- Se repararam nas hiperligações, cada palavra tem a sua razão de ser: por vezes trata-se de uma "bengala" vossa, ou de uma palavra que quando leio/oiço faz-me lembrar em vocês. Aos bloggers que eu sigo e não mencionei: não consegui encontrar algo que fosse uma "bengala" vossa :( no entanto, a intenção do post é a que conta, e é para vocês. Espero que tenham gostado.
      

32 comentários:

terça-feira, novembro 23, 2010 Margarida Lozano 19 Comments

Conversas #15
(entre dois colegas)

 
© Getty Images

  
Ele -Tens comprimidos para as dores? 
Ela - Eu não! Sou um bocado contra a comprimidos. Se as dores existem é porque temos de nos sujeitar a elas, e sofrer... é para isso que elas existem.


Digam o que disseram, eu não dou nem mais uma dose de paciência ás enxaquecas... "é para isso que" os comprimidos existem.

   
   

19 comentários:

segunda-feira, novembro 22, 2010 Margarida Lozano 12 Comments

Quem sai aos seus...


Chego á conclusão que ás vezes os pais conseguem ser piores que os filhos; e outras vezes cabe aos filhos terem o papel de pais para com os próprios pais deles.
É na adolescência que o corpo vai tendo grandes mudanças, e é por isso que me faz tanta confusão uma mãe aceitar que a filha de 16 anos faça uma Mamoplastia de Aumento, só porque a filha tem complexos com o seu corpo. "Gostei" ainda mais de saber que a mãe aprova esta operação porque não quer que a adolescente sofra devido aos abusos verbais por parte dos colegas da escola, tal como ela sofreu.

Qualquer alteração ao corpo de uma adolescente que não seja vinda por causas naturais, provocará consequências futuras graves a que o corpo está sujeito. Pais que não fazem a mínima ideia do "choque" que o corpo terá! É suposto alertarem os jovens sobre esta causa e ajudarem os mesmos a ter amor-próprio, do que propriamente incutirem o contrário.
 
   

12 comentários:

sexta-feira, novembro 19, 2010 Margarida Lozano 22 Comments

Subsídios nas "mãos erradas"


© Getty Images

Após o Estado saber que existe muita gente que recebe do fundo de desemprego porque não querem fazer nada, esquecem-se de outras pessoas que fazem de tudo para ter... não um, mas sim vários subsídios de RSI (Rendimento Social de Inserção). Falo dos ciganos, por exemplo. Não tenho nada contra as famílias ciganas - que também são pessoas como outras - mas não aprovo o que têm andado a fazer para receberem 3.000€ a 30.000€ por mês de subsídio... e por pessoa! E o que fazem eles para tal? Muito simples: cada cigano tem identidades falsas (acabando por ter vários nomes) registados como utentes da Segurança Social; cada nome tem uma área de residência diferente, logo cada cigano não só recebe o subsídio de apoio em Lisboa (sendo uma das áreas de residência) como também no Algarve, no Alentejo, na região Norte, etc., que estão ligados a outros nomes falsos. E se retirarmos um subsídio dali, e outro subsídio de acolá... deparamos que estamos a juntar muito €€; daí eles receberem entre 3.000€ a 30.000€ por mês. Sem esquecer de outros subsídios que ainda recebem!
É com muita pena minha que ainda não têm tido provas para apanharem estes falsos. Se bem que esse dia irá chegar, certamente.

Depois, deparamos com outra situação: quando recebem visitas de assistentes sociais, para observarem as condições em que a familia cigana vive, estes chamam a familia toda para se juntarem numa só casa para os profissionais pensarem que vivem todos no mesmo espaço. 
"Ohh, coitadinhos...!". Eu bem lhes dava o "coitadinhos"!
  
   

22 comentários:

quarta-feira, novembro 17, 2010 Margarida Lozano 23 Comments

Made my day

 

Que bem que sabe aparecer surpresas que fazem do nosso dia mais alegre do que quando começou!
Depois de um longo dia de trabalho, recebo uma encomenda de um amigo que trazia estas coisas boas que podem ver na foto. "Sabe pela vida", é o que vos digo! Obrigada, meu querido :)
   
  

23 comentários:

terça-feira, novembro 16, 2010 Margarida Lozano 11 Comments

Isto é o que acontece...

  
       
...quando alguém excede a superioridade.


Pessoas como os chefes, directores, coordenadores, supervisores... têm tendência de pisar o risco quando se encontram numa situação conturbada com um funcionário. Este, por norma, encontra-se á beira de despedimento caso a sua atitude não agrada aos mesmos... o habitual, não é verdade?

Acontece que, como já referi neste blog, os chamados "superiores" em vez de tomarem a postura ideal na medida que possam orientar, apoiar, motivar o funcionário... não, optam por gritarem/serem agressivos. Quando falo em situação conturbada para eles, trata-se por exemplo de lidarem com funcionários que de repente... explodem. Tal aconteceu num departamento da empresa onde trabalho: a supervisora pisou o risco da paciência de uma pessoa, e depois deparamos num cenário em que a supervisora está a correr entre os postos de trabalho para fugir da funcionária [grávida] que lhe quer bater. Isto com mais de cem pessoas a verem.
Daí, acho que os tais "superiores" arriscam-se um bocadinho, pois ninguém é de ferro!

A violência é uma atitude péssima, mas que ela estava a precisar de um susto... lá isso estava!
  
    
Update:
Ao contar esta situação a um amigo, ele responde:
-  É injusto! São 2 contra 1! (uma vez que a colaboradora estava grávida) Haja alguém com humor...
  

11 comentários:

Roma

segunda-feira, novembro 15, 2010 Margarida Lozano 22 Comments

Peripécias Sem Fronteiras #7

  
Fontana di Trevi


Roma é a cidade perfeita para quem se aborrece facilmente! Isto porquê? Porque em cada esquina há sempre qualquer coisa para ver. Existem muitas ruínas, monumentos, museus... Acreditem que ocupa mais de 3 dias inteiros (manhã/tarde/noite) caso queiram ver tudinho o que Roma proporciona. 

Para quem esteja a pensar visitar Roma, aconselho a comprarem um pacote "Roma Pass" (contém mapa/informações e passe) que podem usufruir durante 3 dias, pelo valor de 25€. Este pacote dá acesso livre a todos os transportes públicos e oferece entrada a dois museus/espaços históricos (o coliseu está incluído), sempre que usem o passe. Pode ser adquirido numa loja direccionada a turistas, que se encontra no aeroporto.


dentro do Coliseu

Já sabemos que relíquias destas não têm nada a ver se observarmos ao vivo comparado com o que vemos na tv... Pois bem, podem ficar abismados com o famoso Coliseu. É simplesmente espantoso! Uma das coisas boas do passe - referido em cima - é que não temos de estar à espera, numa média de duas horas, para comprar bilhetes quanto mais estar numa fila enormíssima! Cheguei ao Coliseu e entrei logo. Rendi-me completamente a tudo o que relacionava com ele, o meu espaço favorito.


Palatino

Quanto há gastronomia: eu tinha uma grande expectativa em relação ás pizzas/massas/lasanha... São boas, mas não chega a um sabor extraordinário. Prefiro as que são criadas no nosso país, mais devido à própria massa da pizza (que é mais grossa).

Em relação aos italianos, com muita pena minha, não houve boa recepção por parte deles. Acredito que existem pessoas extremamente simpáticas (como existe em todo o lado), mas as pessoas italianas com quem relacionámos mostraram ser precisamente o contrario - frias e com falta de educação. Apenas uma pessoa entre centenas é que foi de uma simpatia espantosa. Daí, o que mais senti saudades de Portugal foi da boa disposição dos portugueses. Acreditem que aquilo que vi na Itália comparado com o povo português no geral... epa, somos fantásticos! (risos)


Castel Sant'Angelo
     
Nesta foto, estando no Castel Sant'Angelo dá para ver o Vaticano e as ruas num melhor ângulo. Foi uma das paisagens mais bonitas que eu já vi, nas minhas visitas à Europa. Vale a pena!
  
       
Castel Sant'Angelo

Uma das coisas que também fiquei espantada foi a condução dos italianos. Imaginem agora: vocês estão a travessar uma passadeira, cujo o sinal está verde para os piões mas só dura 3/4 segundos, enquanto os italianos estão a pressionar-vos para correrem. Eles são doidos! Sabem aquele cuidado que têm de ter nas estradas? Tenham o dobro quando forem a Roma! No entanto, há quem tenha visitado Roma e saiu com boas referências em relação aos italianos. 
  
   
   
*fotos com direitos de copyright.
  

22 comentários:

quinta-feira, novembro 11, 2010 Margarida Lozano 14 Comments

Homenagem ao Adeus

      
Morreu o senhor que me fazia sorrir cada vez que passava por ele nas noites de Lisboa. Já não haverá mais noites sorridentes que tanto ele provocava ás pessoas.

Para quem não o conhece: o Sr. do Adeus, João Serra, dizia adeus ás pessoas todas as noites, na Praça Duque de Saldanha (Lisboa). E hoje, juntam-se muitas pessoas em sua homenagem... Podem ver aqui.
   
   

14 comentários:

quinta-feira, novembro 11, 2010 Margarida Lozano 13 Comments

"Engraçado"...
   
   
    
     Como vejo tanto isto.
   
    

13 comentários:

quarta-feira, novembro 10, 2010 Margarida Lozano 15 Comments

Também tenho o direito
     
         
 ... De estar aborrecida e gritar quando o estou, de sentir-me triste sem falsos sorrisos, de olhar para o vazio e pensar, de cuspir palavrões e sentir-me magoada ao dizer, de sentir borboletas e ter medo a cada passo dado, sentir revolta e transparecer, de chorar por sofrer... Preciso cada momento destes. Faz parte do ser humano sentir TODAS as vibrações, sensações e sentimentos. Conhecer cada minúcia de um sofrimento. É assim.
   
   

15 comentários:

segunda-feira, novembro 08, 2010 Margarida Lozano 16 Comments


  
  
   
*update: em breve darei um pouco da minha experiência em Roma... Mas posso já adiantar que vale [muito] a pena visitar. Em cada esquina há sempre qualquer coisa para ver. É lindo, lindo, lindo.
  

16 comentários:

sexta-feira, novembro 05, 2010 Margarida Lozano 14 Comments

Aquele abraço...
    

     

*hiperligação
        

14 comentários:

quinta-feira, novembro 04, 2010 Margarida Lozano 17 Comments

À lupa



Enquanto blogger nunca pensei mostrar mais do que simples textos meus. Continuo a achar que a identidade da autora não é o mais importante, mas sim a forma como expressa [quase] tudo o que nela existe. No entanto, após uma longa reflexão, decidi mostrar um pouquinho da minha imagem. Que podem ver aqui, aqui, aqui, e mais uns quantos que estão guardados. Sem nunca revelar na sua totalidade, e assim continuará.

Mas a essência... essa está em palavras. Nada mais interessa.
  
   
  

17 comentários:

quarta-feira, novembro 03, 2010 Margarida Lozano 19 Comments

Conversas #14
(não resisti em partilhar convosco)

   
  
Empresário - [ao ver imagens de telemóveis] LG?? Mas LG é uma marca de frigorifico!
Funcionária - Também de telemóveis...
Empresário - Ah, desconhecia esta marca de telemóveis. 
Funcionária - ...


Nem podemos saber tudo, não é verdade?


   
Aviso:  A algumas horas de partir para bella Roma, quero indicar que deixarei posts agendados para de uma certa forma não sentirem "falta" (cof cof) de mim! Contudo,  também dizer que a menina agradece cada "miminho" vosso! :)
  
  

19 comentários:

terça-feira, novembro 02, 2010 Margarida Lozano 14 Comments

O meu acordar


Não, não vou falar sobre as palavras bonitas após o acordar ou os abraços que deliciam as manhãs...
Simplesmente cheguei á conclusão que não vale a pena ter o meu despertador ligado. Ultimamente, e felizmente, não tenho continuado com o hábito de acordar com o barulho do meu despertador, e isto porque "tenho" uma pessoa a fazer com eu acorde a horas e da melhor forma!
É verdade que digo que todas as manhãs acordo com o despertador do meu vizinho sintonizado na estação de rádio do costume. Cada dia com uma música diferente, e bastante bonita por sinal. Se as paredes são finas? Não. Portanto, imaginem o decibel...  
     
... Sem mais nada a declarar, excepto um obrigada.
   
      

14 comentários:

segunda-feira, novembro 01, 2010 Margarida Lozano 8 Comments

Weekend
 
Merrell

         
Obrigada. Adorei.

     
  
*foto com destino a "Pés que tocam lugares"
     

8 comentários:

quinta-feira, outubro 28, 2010 Margarida Lozano 18 Comments

Porque estou entusiasmada?


... Falta uma semana.

Alguma recomendação?
    
 

18 comentários:

terça-feira, outubro 26, 2010 Margarida Lozano 17 Comments

Plágio... Eu?


Façam lá copy past! Força! Não dá?? Ohhh...
 
Desde o inicio do blog que uso programas para averiguar acções de plágio e, felizmente, há algum tempo que não tenho problemas quanto a isso. No entanto, como todo o cuidado é pouco, decidi colocar códigos em html para prevenir tal acção. 
... Mas se há gente que tem o trabalho de passar letrinha a letrinha? Claro que sim!

Quando fui pesquisar o meu Leves & Ausentes através do google, reparei num blog que criou um post* com texto da minha autoria*.  Só não fiquei aborrecida, porque tiveram o respeito de colocar a hiperligação do meu blog/post... Embora não tenham avisado!
   
Uma das principais essências de um blog é a criatividade. 
    
 
*hiperligação. 
     

17 comentários:

segunda-feira, outubro 25, 2010 Margarida Lozano 16 Comments

Mexe comigo... #6




Para mim, isto não é um filme qualquer! Nunca encontrei um filme que pudesse ser a minha "cara-chapada"! Se o vi mais que uma vez? Oh se vi!... E todos eles com a mesma emoção da 1ª vez.

Se eu pudesse casar com um filme, assim como há gente que se casa com a Torre Eiffel, este seria o ideal! Haha
   
   

16 comentários:

sexta-feira, outubro 22, 2010 Margarida Lozano 22 Comments

Enganas-te...


... Se pensas que amar é apenas uma [especial] troca de mimos e palavras bonitas. Implica muita coisa... Que se não estás preparado/a, é porque amas de forma errada.

Como alguém me disse e bem: «Amar não chega. Amar não é só amar... é um conjunto de imensas coisas».
   
    
  

22 comentários:

terça-feira, outubro 19, 2010 Margarida Lozano 26 Comments

Tudo menos o correcto



Um dia de emprego como outro qualquer, concentrada no meu trabalho... quando de repente a minha chefe entra pela sala completamente desnorteada, a perguntar quem teria conhecimento dos primeiros socorros. Se bem me recordo dirigiram-se pelo menos quatro colegas minhas para socorrer a pessoa que tinha desmaiado no corredor. «Ok... Já estão pessoas suficientes para ajudar», pensei eu. De repente tive uma certa sensação, e dou por mim a sair da minha secretária. Quando chego ao local, nem queria acreditar: estavam duas pessoas a ver e as outras duas a tentar acordar a mulher com palmadas na cara, estando esta sentada. Estaladas?! Sentada?!? 

Vendo aquele procedimento um grandessíssimo erro, avisei que ela deveria estar deitada. «Deitada??», ignorei a pergunta parva da minha chefe, segurei a senhora (sozinha, com aquele peso todo e as parvas a olhar) e coloquei-a no chão em posição lateral para o oxigénio poder chegar ao cérebro, e sem correr o risco da língua poder sufocar. Em menos de nada acordou. 
Com aquilo que vi, saí quase a cuspir fogo por saber que tiveram uns 2 minutos com ela naquele estado! É absolutamente ridículo, prestarem ajuda sem ter a menor ideia do que fazer!... Ainda por cima uma senhora com problemas de coração e com tensão alta.

Saber os primeiros socorros é essencial.
   
   

26 comentários:

segunda-feira, outubro 18, 2010 Margarida Lozano 23 Comments

Pensem um bocadinho...

 

   
Por que será que as empresas farmacêuticas receberam um kit-antigripe (com várias máscaras e desinfectantes) três meses antes de aparecer a Gripe H1N1?


Fico por aqui.
   
   

23 comentários:

sexta-feira, outubro 15, 2010 Margarida Lozano 19 Comments

This is my mood


  
"E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham (...) todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu."
Miguel Sousa Tavares
   
        
*foto: na Dinamarca    
  

19 comentários:

quinta-feira, outubro 14, 2010 Margarida Lozano 17 Comments

E porque não recordar?

Nuno Markl, Maria de Vasconcelos, Pedro Ribeiro

Foi precisamente há 5 anos que organizamos um jantar em homenagem aos (ex)animadores, que na altura faziam o programa O Homem Que Mordeu O Cão.

Quando cheguei ao local nunca imaginei que iria ser num barco, e foi preciso muitos suspiros para não se pensar em enjoos. "Muito bem, não estamos a sentir má disposição..." - pensamos quase todos. Mal entrei pela divisão onde decorreu o jantar, os meus olhos quase que saltaram das órbitas: estão a imaginar uma divisão pequena, sem janelas para se poder abrir, com muitos convidados, e eu... claustrofóbica?!?! Isso mesmo... Modéstia a parte, e dada a situação, devo dizer que sou uma tipa super rija. Não foi fácil! 
No entanto este momento foi mais do que memorável. Acreditem, eles são umas autenticas "coca-colas"!
   
   
*foto tirada no barco, em Março de 2005.
   

17 comentários:

terça-feira, outubro 12, 2010 Margarida Lozano 17 Comments

Conversas #14
(... e esta é da treta)


Eu - Boa tarde. Gostava de saber o diâmetro e a curva base das minhas lentes de contacto, por favor.
Ela - [de tanto demorar a ver a minha ficha e depois de fazer uma questão ao coordenador...] Menina, desculpe mas eu não posso facultar-lhe esse dados...
Eu - Porque?
Ela - Não posso, porque foram lentes experimentais. 
Eu - Para além dessas, eu usei lentes de contacto.
Ela - Sim, mas eu não posso facultar-lhe nenhum dado. [a não querer procurar no sistema as outras lentes de contacto que usei]
Eu - Mas no sistema consegue ver todas as lentes que usei, e tudo o que tem a ver com os meus olhos só a mim me diz respeito.

  
Vi a rapariga com custo a passar os dados para um cartão. E isto tudo por quê? Ela não queria facultar os dados para evitar que eu fosse encomendar as lentes á concorrência. A parva!
   
   

17 comentários: