sexta-feira, dezembro 23, 2005 Margarida Lozano 1 Comments

Não são os enfeites, não é a neve. Não é a árvore, nem a chaminé. O Natal é o calor que volta ao coração das pessoas, a generosidade de compartilhá-la com outros e a esperança de seguir adiante.



FELIZ NATAL

1 comentários:

quinta-feira, dezembro 22, 2005 Margarida Lozano 1 Comments

(Mais) Para além da psicologia do sonho

Ontem á noite sonhei que ía morrer em poucos dias. Desesperada só chorava, gritava... Senti tudo e mais alguma coisa naquele sonho. E acordei a pensar: será isto que eles sentem? Será que no sonho temos a capacidade de "sentir na pele" de uma pessoa que sabe que tem os "seus dias contados"? Se sim, a única diferença que existe é a duração do sofrimento.

1 comentários:

quarta-feira, dezembro 21, 2005 Margarida Lozano 1 Comments

"Um homem machista não entende nem compreende um homem sensível, porque tem medo de se assumir como tal perante uma sociedade obsessiva por valores e preconceitos obsoletos..."

1 comentários:

segunda-feira, dezembro 12, 2005 Margarida Lozano 2 Comments

Sempre a mesma lenga-lenga

"Preocupados" em mudar a sociedade, esquecem-se em mudar a eles próprios.

2 comentários:

sexta-feira, dezembro 02, 2005 Margarida Lozano 10 Comments

A Fama e o Aproveito

Porque é que a mulher quando trai é sempre chamada por nomes desagradáveis (tendo a má fama), e quando chega a vez do homem são os "garanhões", os maiores...?
Seria bom que a sociedade ponderasse a situação.

10 comentários:

quinta-feira, novembro 10, 2005 Margarida Lozano 8 Comments

A psicologia dos Contos de Fadas

Há pais que insistem a que as crianças tenham que pensar racionalmente como eles, pensam que é a partir daí que os tornam mais maduros... Mas nem sequer pensam que os sentimentos são fundamentais para a formação do carácter; queixam-se que só as histórias (por exemplo, os contos de fadas) trazem confusão em relação aos conceitos da realidade que devem ser ensinados às crianças. A sabedoria não é uma coisa que nasça e sim uma coisa que se constrói, começando por um “estágio” irracional que depois se desenvolve num maduro psiquismo. As crianças têm uma enorme necessidade de lidar com os sentimentos. A assimilação é muito importante para aquelas que desejem encontrar as respostas lógicas para o mistério da existência. Os contos de fadas têm a função de dar ás crianças um desenvolvimento imparcial tão completo quanto possa vir a ser o do prestigiado intelecto, através do intuito e dos sentimentos; permitem a que as crianças se identifiquem com alegrias e dificuldades dos seus heróis... Há um impacto no psiquismo devido às experiências quotidianas. Ajuda a criança a ter uma aprendizagem adequada, mais interesse e diversão. Ela “tira” das narrativas o melhor que possa aproveitar para ser aplicado no seu estado de espírito.
É por isso que as crianças pedem aos seus pais que contem novamente as histórias, para que os sentimentos sejam revividos em cada repetição delas, conforme as necessidades do momento vivido.

8 comentários:

quarta-feira, outubro 26, 2005 Margarida Lozano 9 Comments

Como puzzles

Acho engraçado a forma como os temas de conversa, embora diferentes, interligam-se como puzzles. Numa conversa entre amigos, falaram-se, por ordem, dos seguintes temas:

Aulas - Amizades - Atitudes - Futebol - Sexo - Adolescência - Crianças - Política - Psicologia (...)

(reparem como o tema "crianças" interligou com "política")

9 comentários:

terça-feira, outubro 11, 2005 Margarida Lozano 5 Comments

Para aqueles (de Felgueiras) que votaram na Fátima F.:

Porquê...? PORQUÊ...??

5 comentários:

segunda-feira, outubro 10, 2005 Margarida Lozano 3 Comments

1ª Companhia

Instrutor para Castelo-Branco:

- Você não é uma nódoa, é um borrão!

É impossivel não se rir com esta observação.

3 comentários:

segunda-feira, outubro 03, 2005 Margarida Lozano 3 Comments

Eclipse

Acordei com a sensação de ser 7h da matina: estava frio, o sol pouco iluminava... Quando fui ver o relógio eram quase 10 horas. Achei bastante estranho... Liguei a televisão e voilá, a razão: o eclipse!

3 comentários:

segunda-feira, outubro 03, 2005 Margarida Lozano 3 Comments

Quando preparavam o velório de um homem brasileiro, é que três horas depois aperceberam-se que estava a respirar.

Tenho ouvido muitas histórias (reais) como esta, como também, pessoas que são enterradas vivas sem que alguém dê conta, e fico sempre a matutar na minha cabeça este tipo de coisa e imagino-me na mesma situação que elas (e logo eu que sofro de claustrofobia). É um desespero de tal maneira que até a mim me doi só de pensar.

Situações como esta: As familias só se aperceberam do sucedido quando vêem o caixão arranhado na parte d'entro ou com o corpo virado de barriga para baixo...

Das duas uma: ou sou cremada ou vou em frente com a porcaria do caixão na condição de levar a caixa de ferramentas.

3 comentários:

sexta-feira, setembro 23, 2005 Margarida Lozano 6 Comments

"É que é já a seguir!"

Na camioneta reparei numa miúda ao telemóvel que dizia o seguinte:

Risos. Claro, então! Risos. É que é já a seguir! É mesmo já a seguir! Risos. Hã-hã! É que é já a seguir! Risos. Estás doido! É já a seguir! A seguir! Risos. Claro, claro! Vou mesmo fazer isso! É já a seguir! É que é já a seguir! Risos.

E eu cá para mim: hás-de ir longe...

6 comentários:

sexta-feira, setembro 23, 2005 Margarida Lozano 2 Comments

Um dia não-normal

Ontem:
  • Recebi a informação de que podia entrar no metro sem gastar "cacau";
  • Entrei numa carruagem que não tinha luz... Agora imaginem lá, no túnel, a malta agarrada as suas carteiras sem ver nada nem ninguém.

2 comentários:

segunda-feira, setembro 19, 2005 Margarida Lozano 13 Comments

Acho que o governo dos E.U.A deveria gabar-se menos e agir mais. Por exemplo: ir até a Nova Orleães (... não?! Ou o grito de desespero não lhes atinge?)

13 comentários:

quarta-feira, setembro 14, 2005 Margarida Lozano 2 Comments

"Viver... Calando a vida"


Silenciar para ouvir. Silenciar para ver. Silenciar para aprender. Silenciar para meditar. Silenciar para viver. Silenciar para falar. Silenciar para partilhar. Silenciar para humanizar.

2 comentários:

segunda-feira, setembro 12, 2005 Margarida Lozano 7 Comments


Foi ontem... Foi ontem que tudo se "desmoronou", foi ontem que o mundo esteve atento, foi ontem que todos entraram em desespero, foi ontem que todos sofreram, foi ontem que todos choraram, foi ontem que todos fizeram os (im)possiveis... E foi ontem que todos se uniram para combater o terrorismo de 11 de Setembro.

7 comentários:

segunda-feira, setembro 12, 2005 Margarida Lozano 5 Comments

"Pagas, levas o troco!"

No canal do Chat, reparei num pequeno pormenor:

«Ois! A minha namorada meteu-me os cornos e eu quero fazer o mesmo. Alguém que queira teclar comigo? Beijinhos fofos.»

Eu pergunto: será que é preciso dar pontos á estupidez? Já uma traição é bastante mau, mas pior mesmo é trair por ter sido traído.
Alguns dos rapazes diziam o seguinte: "Claro! Assim é que é! Não me dava por otário; olha, olha... Eu admitir que a minha namorada o fizesse e eu não, queres ver."
Claro, mas não se apercebem que para além de se contradizerem estão a fazer ainda uma figura mais parva - a meu ver claro.

5 comentários:

quinta-feira, setembro 08, 2005 Margarida Lozano 4 Comments

«Tudo bem?»

Acho que esta pergunta caiu muito na banalidade.
Normalmente estou bem, mas nunca estou sempre bem. Por exemplo: conheceste uma pessoa na quarta-feira, e na quinta ela encontra-te e pergunta: «'Tão, tudo bem?». Mesmo que não estejas bem vais acenar sim com a cabeça, pois se começas a contar os teus problemas ela muito provavelmente não vai ligar pois só te conheceu ontem; e como contar o que se passa contigo a alguém que conheces à horas?!
E já se tornou tão comum que muitas vezes nem se ouve uma resposta. Dois tipos cruzam-se e dizem: 'Tão? Tudo bem? E seguem caminho sem sequer parar para responder. Tornou-se quase uma pergunta retórica. E se é algo que ela não espera ouvir é: "Não, por acaso não estou lá muito bem... Ontem murreu o meu piriquito e antes d'ontem(...)".

4 comentários:

quarta-feira, setembro 07, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

O vaipe das 12h.12 :

"Ehhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, bai dar uma ganda bolta! Ehhhhhhhhhhhhhh"

0 comentários:

sexta-feira, setembro 02, 2005 Margarida Lozano 1 Comments

Antes de ficar por aqui, quero desejar:

Muitos Parabéns: Bruno e João! =)

1 comentários:

quinta-feira, setembro 01, 2005 Margarida Lozano 3 Comments


Eu não estava a brincar quando disse que me ia inscrever para a Marinha. Já o fiz ;)

3 comentários:

quinta-feira, setembro 01, 2005 Margarida Lozano 3 Comments

E para começar o Setembro da melhor maneira:

"Wake Me Up When September Ends"

Summer has come and passed
The innocent can never last
wake me up when september ends

like my fathers come to pass
seven years has gone so fast
wake me up when september ends

here comes the rain again
falling from the stars
drenched in my pain again
becoming who we are

as my memory rests
but never forgets what I lost
wake me up when september ends

summer has come and passed
the innocent can never last
wake me up when september ends

ring out the bells again
like we did when spring began
wake me up when september ends

here comes the rain again
falling from the stars
drenched in my pain again
becoming who we are

as my memory rests
but never forgets what I lost
wake me up when september ends

Summer has come and passed
The innocent can never last
wake me up when september ends

like my father's come to pass
twenty years has gone so fast
wake me up when september ends
wake me up when september ends
wake me up when september ends


(Green Day)

3 comentários:

quarta-feira, agosto 31, 2005 Margarida Lozano 2 Comments

Uma questão de... Politica(?)!

















Ainda estou para perceber qual é a ideia do príncipe Alberto em relação aos seus filhos (Menino de 2 anos e menina de 13 anos).
As mães (Affairs de Alberto) afirmam que ele lhes terá dito que as crianças nunca poderiam ser reconhecidas enquanto o pai fosse vivo (medo?).
Isto cheira-me a outra coisa e, pelos vistos, não é a felicidade dos filhos que está em questão.

2 comentários:

sexta-feira, agosto 26, 2005 Margarida Lozano 6 Comments


Eu ainda estou para perceber, como é que os D'zrt estão (nº1) nos tops...

P.S. - Os Backstreet Boys no Pavilhão Atlântico (11-11-2005)??

6 comentários:

quinta-feira, agosto 25, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

The Reason (Hoobastank):

É incrível como bastava eu dizer que esta música é uma das minhas favoritas e logo a seguir me dizerem cheios de certeza que ela vai ser o meu futuro... E ainda: que a música dos Green Day - Wake me up when september ends (a minha favorita) - é o que me está a acontecer neste momento (presente)...! O_o

0 comentários:

quinta-feira, agosto 18, 2005 Margarida Lozano 2 Comments


Neste Verão fiz vigilância pelas florestas. Cada grupo tinha vários objectos necessários; um deles é a carta militar (batalha naval), para ser mais fácil a localização de algum incêndio. Um dos grupos avistou fogo e em vez de dizer á protecção civil de Odi. que se situava na H6, não... «Epá, vemos ali fogo entre os eucaliptos e os pinheiros!», «Mas onde é que localiza-se mesmo? Qual é a área?», «No meio! Está no meio dos pinheiros e dos eucaliptos!!». Claro, com 100 hectares a P.C. ia mesmo saber onde era...

2 comentários:

quarta-feira, agosto 17, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

«Eu sou meio-esquizofrénica!»

Uma miúda insistia para comigo que tinha uma doença, mas que não sabia muito bem o que era:
«Não é bem esquizofrenia, é parecido (...) Eu não sei muito bem explicar a minha doença mas... É que uma parte do meu cérebro tem esquizofrenia»

Foi aí então que morri...

0 comentários:

sexta-feira, agosto 12, 2005 Margarida Lozano 2 Comments

A melhor forma para acabar com 'necessidades' na rua

Eu não estou a ver, em Roma, meterem fraldas aos cavalos devido aos seus imensos dito-cujos espalhados na rua... Está certo que é um nojo ver e cheirar aquela porcaria toda mas... Fraldas? O_o

2 comentários:

sexta-feira, agosto 12, 2005 Margarida Lozano 1 Comments

Já imaginaram o que é...

Um tipo que se levanta com dores de cabeça depois da night e a seguir ter descoberto que a causa era uma lâmina espetada no olho - devido a uma briga? Brrghhh.

1 comentários:

quinta-feira, agosto 11, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

"Comments"

Devido á falta de paciência da autora do Leves e Ausentes, mudou-se de novo o templates (que novidade...) e devido a essa mudança e á falhazita técnica, o blog ficou sem comentários. Peço desculpa.
Espero que alguns ainda guardem o interesse de dar uma visitinha - ao blog - e comentar.
Em breve haverá posts novos... É que a minha vida não é só isto; trabalho... :p

0 comentários:

quarta-feira, agosto 10, 2005 Margarida Lozano 0 Comments






Pois é, voltei... ;)
Agradeço desde já pelas 8100 visitas.

0 comentários:

terça-feira, maio 10, 2005 Margarida Lozano 0 Comments


Este blog está temporariamente encerrado...

0 comentários:

sexta-feira, maio 06, 2005 Margarida Lozano 0 Comments


Não sei se terei coragem e forças para ir trabalhar amanhã como voluntaria do Banco alimentar...

0 comentários:

sexta-feira, maio 06, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

É nos piores momentos que a gente valoriza mais as pessoas

Ontem, foi um choque para mim, para os colegas de escola (até professores) quando soubemos que um colega de escola e amigo, Ricardo Alves Cardoso, faleceu anteontem (4-05-05) pelas 7h.00 no IC22. O Ricardo era (e vai continuar a ser) muito admirado por todos nós... Era uma pessoa bestial. E com o qual deixou para "trás" um filhote 'pequenino' e esposa. Tinha muita vida pela frente...
Ainda me lembro das suas expressões, do seu olhar, das suas brincadeiras, como se fosse ontem.
Acredito que ele esteja a ver esta pequena homenagem que lhe faço.

Não tenho mais nada a dizer, a não ser, para ele neste momento: Tu estarás sempre no meu coração e no coração de todos aqueles que te admiram e gostam de ti, e olha... «curto bué o teu sorriso»... :')

0 comentários:

quarta-feira, maio 04, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Quando estou a subir as escadas do meu prédio vêem-me com a seguinte pergunta: «Vais para casa?».

Mas queriam que eu fosse p'ra onde? Há com cada pergunta.

0 comentários:

quarta-feira, abril 27, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Para mim, hoje é um dia muito especial:



O aniversário do meu pai. Embora ausente, sinto-o de bem de perto...
Muitos Parabéns meu velho!

0 comentários:

sexta-feira, abril 22, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Ambiciosa:

Uma pessoa habitua-se a ter só 18's a uma disciplina que acaba por se sentir 'cansada' de os ver e frustada de ter menos que esse valor. Acontece... Não é mau.

0 comentários:

quarta-feira, abril 20, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

No metro:

Costuma haver várias pessoas a pedir esmola; um deles (e cego) entrou pela carruagem e caminhou na esperança de ganhar algum dinheiro. Três ucranianos levantaram-se e foram meter algum dentro da caixa do cego. Algumas pessoas admiraram-se e fizeram o mesmo. A analisar isto tudo: Esses ucranianos estão vestidos só com a roupa que têm e o pouco dinheiro que ganham é p'ra os alimentar.
Só estou a contar aquilo que uma amiga minha viu... Ela estava lá.

0 comentários:

quarta-feira, abril 13, 2005 Margarida Lozano 0 Comments




Pelos vistos está confirmado que esta menina está grávida...

Nota: Depois de o casal pedir dois quartos num hotel.

0 comentários:

quarta-feira, abril 13, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Parece que ninguém tem imaginação

Cada vez que vejo o anuncio da Moviflor na TV dá-me uma vontade de vomitar...

0 comentários:

segunda-feira, abril 11, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Calças descaídas

Soube á pouco que uma lei, na Virgínia (EUA), estabelece multas até 38 € para quem deixar à mostra a sua roupa interior de maneira "indecente".

0 comentários:

segunda-feira, abril 11, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Para aparvalhar:

Qual será a sensação de uma pessoa ser picada por uma vespa?

0 comentários:

terça-feira, abril 05, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Cinto de Segurança



Há 5 anos, uma funcionária da Escola Básica da Ramada morreu num grande acidente de carro. Isto porque se não fosse o cinto de segurança a cortar-lhe a cabeça provavelmente estaria viva como a sua filha que estava ao volante.
O que vejo muito por ai é cintos sem fivelas, e gente que compra as tais pensando que é para efeitar - sei isto porque já perguntei a elas para que serve as fivelas. Eu 'carrego' o assunto porque é importante avisar e a segurança nunca é demais.

0 comentários:

quarta-feira, março 30, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Reconstrução do Sudeste Asiático

Os Clientes e Associados do Montepio Geral, até Junho, podem contribuir com donativos para ajudar as vítimas do maremoto através de transferência bancária para o NIB: 0036 0088 99100039366 18

Cada vez mais as crianças estão a precisar do apoio de todos.
Cátia Palma, enfermeira que coordenou a misão de Médicos do Mundo em Jaffna, conta que "aquelas pessoas, que deviam pedir-lhes ajuda, queriam abraçar-lhes, por estarem dispostos a partilhar a sua dor". Outro momento inesquecível deu-se num campo de desalogados, onde a equipa prestou os primeiros socorros durante várias horas e estavam cansados e com fome. De repente, aperceberam-se que uma série de crianças entre os 12 e os 13 anos estavam a organizar um peditório. Passado um bocado, vieram ter com eles e entregaram-lhes bolachas e sumos.

0 comentários:

sexta-feira, março 18, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Concurso: Bandas de Garagem

A Câmara Municipal de Odivelas tem como objectivo apresentar novos talentos em projectos musicais. Realizar-se-á numa só eliminatória, no dia 9 de Abril, das 14h às 21h, na Sociedade Musical Odivelense.
  • As bandas actuaram por um período limite de 20 minutos;
  • Os elementos da banda deveram ter mais de 13 anos e, se forem menores de 18 anos, deverão apresentar a autorização do Encarregado de Educação;
  • As inscrisões são feitas nas Lojas Jovem de Odivelas, Pontinha e Ramada assim como na Loja do Munícipe;
  • Cada banda, deverá apresentar, no acto da inscrisão:
  1. Uma maquete em cassete áudio, video ou em CD áudio com 3/4 temas livres;
  2. Um exemplar das letras;
  3. O contacto;
  4. O nome, idade e BI de todos os elementos da banda.

As inscrisões decorrerão do dia 10 ao dia 28 de Março.

Mais informações: Lojas Jovem da Ramana, Pontinha e Odivelas ou www.cm-odivelas.pt

0 comentários:

quarta-feira, março 16, 2005 Margarida Lozano 0 Comments




If you’re not the one then why does my soul feel glad today?
If you’re not the one then why does my hand fit yours this way?
If you are not mine then why does your heart return my call
If you are not mine would I have the strength to stand at all

I never know what the future brings
But I know you are here with me now
We’ll make it through
And I hope you are the one I share my life with

I don’t want to run away but I can’t take it, I don’t understand
If I’m not made for you then why does my heart tell me that I am?
Is there any way that I can stay in your arms?

If I don’t need you then why am I crying on my bed?
If I don’t need you then why does your name resound in my head?
If you’re not for me then why does this distance maim my life?
If you’re not for me then why do I dream of you as my wife?

I don’t know why you’re so far away
But I know that this much is true
We’ll make it through
And I hope you are the one I share my life with
And I wish that you could be the one I die with
And I pray in you’re the one I build my home with
I hope I love you all my life

I don’t want to run away but I can’t take it, I don’t understand
If I’m not made for you then why does my heart tell me that I am
Is there any way that I can stay in your arms?

‘Cause I miss you, body and soul so strong that it takes my breath away
And I breathe you into my heart and pray for the strength to stand today
‘Cause I love you, whether it’s wrong or right
And though I can’t be with you tonight
And know my heart is by your side

I don’t want to run away but I can’t take it, I don’t understand
If I’m not made for you then why does my heart tell me that I am
Is there any way that I can stay in your arms?

0 comentários:

sexta-feira, março 11, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

O jantar da ML

Desculpem não ter vindo aqui postar, mas a vida assim o permitiu...

Em relação ao jantar da Mailing List:
Apesar do nariz perturbante do «cuiii, cuiii» Markl, do transloucado benfiquista que nem comia pelo FCP, e da 'Grande Mulher'... gostei do jantar. Valeu pela convivência. A próxima vez que tiverem indecisos em ir aos jantares por causa do futebol, levem o TOMANÉ... ele sim, dá-vos histéricamente a informação toda.

0 comentários:

quinta-feira, fevereiro 24, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Ora não estamos de acordo, ora não sabemos

«Eu acho que tu não percebes nada de política e o teu palpite é, como se verá, uma prova disso (...)»

- O que me irrita é que se damos uma opinião contrária ao 'adversário', este justifica-se dizendo que nós não sabemos nada (só porque não estamos de acordo com ele)... quando o que se trata é de opiniões diferentes. E tem que se respeitar e mais nada.

0 comentários:

segunda-feira, fevereiro 21, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

«A Mãe Mais Jovem»

"A Mãe mais jovem foi Lina Medina, que deu à luz um bebé (cesariana) com 2,9 Kg de peso em Lima no Perú em 1939. Lina tinha apenas 5 anos e 7 meses quando a criança nasceu. O bebé foi criado pelo seu irmão e só veio a descobrir que Lina era sua mãe aos 10 anos de idade.
Raparigas como a Lina sofrem de um desequilíbrio hormonal, ou puberdade precoce. Lina teve a sua primeira menstruação quando tinha 3 anos."

Digam-me que isto não é possivel! Digam-me mesmo que isto não é possivel...

0 comentários:

sexta-feira, fevereiro 18, 2005 Margarida Lozano 0 Comments


Um cego entra num bar de lésbicas, senta-se ao balcão e pede uma bebida. A bebida chega e o cego grita:
- Vou contar uma anedota de loiras!
A mulher ao seu lado diz:
- Já que é cego, devo avisá-lo acerca de 5 coisas antes que conte a anedota:
- 1º O barman é uma mulher loira; 2º O gerente é uma mulher loira; 3º Eu sou uma loira de 1,75m e 90Kg; 4º A mulher ao meu lado é uma loira profissional de Karate; 5º Do seu outro lado, tem uma loira professora de Kung Fu. Ainda quer contar a anedota?
E o cego responde:
- Não... deixe lá... se vou ter de explicar a anedota 5 vezes, desisto já!

0 comentários:

sexta-feira, fevereiro 11, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

National Geographic - Enigmas da morte (Parte II)



Os especialistas quiseram estudar o esqueleto de 8000 anos que possivelmente teria sido assassinado. Para terem a certeza, a melhor maneira seria observar a pequena ponta de uma lança que se encontrava a três centímetros, mais ou menos, de profundidade do osso. Portanto devem imaginar a força que terá sido. Só que a posição da ponta estava ascendente o que provavelmente o acto não teria sido acidentalmente. Então a ideia que os especialistas tinham seria a impossibilidade de o outro humano ter lançado o objecto visto que este teria uma posição descendente, então talvez o humano tivesse lançado o objecto nas costas sem ter provocado qualquer marca no osso, aproveitando-se, enquanto o seu inimigo estava estatelado no chão, de dar mais um golpe. Ora isto tem lógica. Mais dúvidas não tiveram quando associaram isso com a falta de crânio, visto que encontraram o esqueleto sem ele. Os índios tinham como hábito de arrancar a cabeça do inimigo como trofeu.

0 comentários:

sexta-feira, fevereiro 11, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Começem a poupar

Hoje de manhã contei os minutos da água a correr sem ser utilizada, isto é, enquanto a água corria o meu irmão punha-se a fazer a barba ou outro dever de um homem antes de ir para a banheira. Foram 4 minutos. Há vista não parece ser muito ou nem tão pouco mais ou menos. Mas se vocês assim o acham, experimentem deixar correr a água entre 4 a 5 minutos e vão ver o desperdício que fazem. Se avisaram para a água ser poupada, foi por alguma razão. Não se admirem que por daqui a muitos ou talvez alguns anos, em 4 pessoas 1 não puder utilizar água por não haver. São vocês que decidem se levam isto a brincar.

0 comentários:

quinta-feira, fevereiro 10, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

National Geographic - Enigmas da morte

Ontem tive a ver o programa e fiquei estupefacta com o que se foi descoberto nestes últimos tempos.
Os arqueólogos para além de terem descoberto esqueletos dos primeiros índios na América vindos da Ásia, com 8000 anos, o que é realmente extraordinário, descobriram também tecidos de mantas, sementes ingeridos no estômago de um índio - diziam que davam a um membro da tribo, antes de morrer, essas sementes para não sentir a dor - e o mais incrível e que até agora custa-me acreditar é que descobriram um crânio de 8000 anos ainda com cérebro. Conseguiram saber o ADN.

0 comentários:

quarta-feira, fevereiro 09, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Só me acontece tudo...



Agora é uma merda de virús que não me larga. Começem com a treta de que nunca estamos bem agasalhados, mas se soubessem o quanto agasalho tenho, diriam então que o facto de estar assim é por estar muito agasalhada. Balelas. As pessoas é que não têm cuidado, por exemplo na camioneta, é tiro e queda: Um expirro ali outro acolá, mas sem taparem a boca; um beijinho alí outro acolá, mas sem avisarem que estão com gripe até mais não. E depois como é que querem que não ande assim? Com o nariz todo a pingar...

0 comentários:

sexta-feira, fevereiro 04, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Só espirito natalício

Sabem de alguém que só tenha 'desmanchado' a árvore de Natal ontem (3/2)?
Eu sei...

e esse alguém é o meu namorado.

0 comentários:

quarta-feira, fevereiro 02, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

HERMAfroditas

Esta semana estava na conversa com uma amiga, em que ela me falou dos Hermafroditas: Bebés que nascem com os dois sexos, e dependendo das hormonas (o que terá em mais % de hormonas masculinas ou femininas) será escolhido - com o consentimento dos pais - o sexo do bébé. Ora, já tentei encontrar mais informação sobre os afroditas mas não consigo encontrar 'nicles' (sabe-se lá porquê, não é? :Þ). Se puderem dar-me a conhecer mais sobre os Hermafroditas (e fotos se for possivel), agradecia que me mandassem um mail sobre a informação :)

Desculpem o engano da palavra "Afroditas". Prometo que vou bater na minha amiga.

0 comentários:

domingo, janeiro 30, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

«gEnecologista? Prefiro ir quando estiver grávida!»

Ainda é preciso comentar isto?

0 comentários:

domingo, janeiro 30, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Um problema

Cada vez mais admiro os cursos tecnológicos; é frustante ter disciplinas que não nos servem p'ra nada numa profissão futura. P'ra que quero saber de textos liricos(?) e textos galaico-portugueses (?), num curso de serviço social?
Que raio...

0 comentários:

sexta-feira, janeiro 28, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

60% de Preguiça e 40% Sem tempo

Desculpem de não haver aqui cenas novas, mas a minha vida não é só isto e tento aproveitar ao máximo os dias. Todos os dias só permaneço na Internet uma/duas hora(s) - visto que não tenho Internet em casa - e como quero aproveita-los bem, preferia dar uma vista de olhos em coisas que me é mais útil. I'm sorry. Em BREVE ponho coisas fresquinhas.

Cumprimentos,
Margarida

0 comentários:

quarta-feira, janeiro 26, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Que pensam, quando uma mulher diz - ao seu companheiro - que o sentimento que tem por ele é o mais importante que tudo e leva como resposta "'Mor estou cansado, já é tarde e tenho que descansar..." ?

0 comentários:

sexta-feira, janeiro 21, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Numa revista:

Tinha um texto a referir os Best-Sellers com o qual deu-me um grande gozo ver o titulo: MARGARIDA vs. PIPI.
De facto, admito que a sua escrita é realmente notável, mas quem não gosta de uma (grandíssima) doce de textos pornográficos, não é? por isso, é um best-seller (infelizmente).

0 comentários:

quinta-feira, janeiro 20, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

No metro:

'Tava com os fones nos ouvidos a ouvir em altos berros em combate com 2 putos a fazerem mais barulho que o máx. de som no meu discman. E o que é que eu faço, quando os vejo a fazer ainda mais barulho e aos murros?
.
.
.
Peguei num deles e 'levei-o' pela carruagem fora, aproveitando enquanto as portas estavam abertas. Agora dispenso a palavra "má".

0 comentários:

quarta-feira, janeiro 19, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Vítima de muitas vítimas de maus tratos (Parte II)

Lembram-se do caso da minha amiga? Tudo andava mais ou menos óptimo para ela o ambiente familiar. O pai arrependido, lá prometeu que nunca mais iria lhe bater, no natal passado. Ontem, com o seu ar triste disse-me que voltou a bater-lhe. Isto só porque a mãe dela, não sabendo que ela não se encontrava na school, estava á sua espera para lhe buscar. Não querendo mentir ao pai, ela disse que tinha estado em casa de um ex-dela a falar com os pais dele. O pai, por sua vez, foi telefonar-lhes para confirmar e ainda bateu mais nela. Ora bem, a miuda tem 19 anos caramba! Eu cada vez mais acho que o pai dela, precisa de um tratamento. A minha outra colega sabendo do caso, acha que o gajo bem merecia uma liçãozita, a qual eu respondo que «o problema era esse, por ter tido liçõeszitas a mais na sua infância, fez com que torna-se um homem bruto como a mãe dele». De maneira que o melhor mesmo, era ela conseguir-se libertar do 'peso' que convive quase todos os dias. Disse-me que mais uma e saía de casa. Eu só tenho que a apoiar e dar-lhe muita força.

0 comentários:

quinta-feira, janeiro 13, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Sei que não têm nada a ver com isso mas...

TENHO UMA DOR DE RINS P'RA CA#$%"&

0 comentários:

terça-feira, janeiro 11, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Pega-tiques.

Desde que Jo&% Cas#$%&-B#$"£§ entrou na Quinta, que desabou tudo. Não sei o que se passa com esta gente que agora tem a mania de chamar uns aos outros 'bicha' e fazer aqueles gestos marados na testa. Ora, eu não acho isso tão divertido como o Jo#% pense. Mal entro no correio da manhã e vejo «Sou bicha o mais possível, graças a Deus» - Por mim, tanto faz como se lhe deu. Agora dizer: «A experiência e a mensagem que consegui passar foi o mais importante» - Não, não é giro ver 'tiques' teus, pegando ás pessoas.

0 comentários:

terça-feira, janeiro 11, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Passo para a fama - por Dulce Ferreira.

É impossivel não a conhecerem. Tenho que andar a ouvir a mesma merda sobre ela. A gaja pode ser tudo mas parva não é: Bastou uma frasezinha sobre o 'serviço' do Tsunami para levar a fama toda com ela. És uma medonha pah, fica com ela toda p'ra ti!

(desculpem lá fãs dela mas só não lhe meto a foto porque é dar-lhe importância a mais)

0 comentários:

segunda-feira, janeiro 10, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

10.01.05 - E anda tudo com preguiça:

Em desfazer a árvore e os arranjos iluminados. Pelo menos falo por mim.

0 comentários:

quinta-feira, janeiro 06, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Ragazza

Não me é costume comprar esta revista mas ontem o fiz, para consultar histórias bizarras e casos reais. Mas também vejo muita estupidez junta, isto é, a parte da sexualidade, conselhos, horóscopo, etc.. «Mas porque raio é a página das dúvidas sobre a sexualidade e conselhos, se é suposto ajudar-nos?» - Na parte dos conselhos, é muito bom a revista escrever que o pessoal (sobretudo as raparigas - que no mínimo terão 12 anos, aquelas que consultam a revista) deve recorrer ao chat porque é bom para desabafar? Não. - Na parte da sexualidade, convém não fazer sexo com dois preservativos ao mesmo tempo porque pode ‘furar’ facilmente? A Ginecologista que consultei, afirma que não e que até é melhor fazer com dois preservativos ao mesmo tempo se uma pessoa estiver insegura. E o pior, é que erros destes encontro-os na boa.
Esta revista ou está em observação por psicólogos, ginecologistas, etc. burros ou então não está em nenhuma observação por parte destes.

E se fosse só esta revista...

0 comentários:

quinta-feira, janeiro 06, 2005 Margarida Lozano 1 Comments

O Leves e Ausentes fez um aninho...




Este bolo já ía...

1 comentários:

quinta-feira, janeiro 06, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Ok. Não será de mais?

Ora, imaginam lá raparigas de 16 anos entregarem um certificado de virgindade para poderem continuar os seus estudos - ordens da escola. E não, não estou a falar da America, mas sim de Perú.

0 comentários:

terça-feira, janeiro 04, 2005 Margarida Lozano 0 Comments


Perdi a minha borboleta do canto direito :(
Ninguém me arranja uma igual?

0 comentários:

terça-feira, janeiro 04, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

"Fuck"

Ok, tenho a certeza que, como eu, muitos de vocês não sabe de onde vem a palavra "Fuck". Pois não?
.
.
.

0 comentários:

terça-feira, janeiro 04, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Não sei o que pôr como título, o que acham?

Na SIC Notícias passou uma reportagem onde entrevistaram portugueses que partiram depois da tragédia para a Tailândia, mantendo as férias marcadas como antes de tudo acontecer. Dulce Ferreira respondeu que já tinha as férias marcadas, que não tinha ficado nada preocupada com o que tinha acontecido, porque os pais, que lá estavam, tinham enviado uma msg a dizer que tinha havido "uns tsunamis e umas 'coisas'", mas estavam bem. Quando a jornalista lhe pergunta se estava triste com toda a situação Dulce Ferreira respondeu "sim, claro, agora já não vou ter todas as condições de férias que iria ter se por acaso não tivesse acontecido nada disto. Por outro lado, estou contente, porque vejo as coisas mais ao natural, como elas são."

0 comentários:

terça-feira, janeiro 04, 2005 Margarida Lozano 0 Comments

Um começo simples mas...

...intencional.

0 comentários: