quarta-feira, fevereiro 22, 2006 Margarida Lozano 3 Comments

"A Arqueologia é a busca de factos, não da realidade. Se é a realidade que procuram, a aula de Filosofia é já ao fundo do corredor." (Indiana Jones - A última cruzada)

3 comentários:

quarta-feira, fevereiro 15, 2006 Margarida Lozano 15 Comments

Sensação irracional

Suponhamos que uma pessoa introvertida entra num local público qualquer e alguns instantes depois um grupo de pessoas ri-se de uma piada contada. Muito provavel é que aquela pessoa fique com a sensação de que estão a rir-se para ela. Que acontece? O estado incómodo leva a que a pessoa evite os lugares públicos. Talvez fosse mais sensato a pessoa tentar perceber o porquê da risota antes de pensar deixar de frequentar os locais. Bastava apenas isso.
«Grande parte dos problemas se resolveriam se fossemos capazes de desmontar as nossas crenças irracionais e desenvolver comportamentos mais ajustados», de acordo com a Psicoterapia.

15 comentários:

quarta-feira, fevereiro 15, 2006 Margarida Lozano 4 Comments

Feto in feto

Soube de algo que nunca pensei que pudesse ser possível: Um feto que se desenvolvia dentro de uma criança.
O estudo indica que se tratava de gémeos; o feto "cobriu" outro feto que mais tarde se veio a desenvolver dentro dele (feto in feto).
O feto se desenvolveu como todos outros fetos: tinha pernas, braços, pulmões, rins, coração... com a única diferença de que ele não apresentava cérebro.
Fico a pensar se isto serve como limite ás capacidades da natureza...

"In National Geographic Channel"

4 comentários:

quinta-feira, fevereiro 09, 2006 Margarida Lozano 11 Comments

Quantas e quantas vezes [nos] senti[mos] assim:

- Eu sou hoje tudo aquilo que um dia desejei ser. O problema é que... Gostava de ser aquilo que era quando quis ser o que sou hoje.

11 comentários:

quarta-feira, fevereiro 01, 2006 Margarida Lozano 6 Comments

Tourada

"A tauromaquia é um espectáculo baseado na tortura e matança de animais em público, o que traumatiza crianças e adultos sensíveis, assim como desnaturaliza a relação entre o homem e o animal" - UNESCO
É de lamentar que muitos aplaudem este tipo de espectáculo, e justificam-se que trata-se de uma arte, cultura. Chamam arte á agressividade com que tratam os animais? Já agora, 1000 chicotadas nas costas de um homem é arte!
Acho incrivelmente estúpido aplaudirem toureiros que nada de valentia mostram de facto. Antes de iniciarem a "cena":


  • São dados aos touros laxantes e tranquilizantes;


  • Põem-lhes nos olhos vaselina para terem menor capacidade de visão, para não falar de que metem-lhes algodão ou outro objecto para dificultar a respiração;


  • Fazem cortes nas patas que depois são embebidos com amoníaco que lhes deve doer p'ra caraças;


  • Exercem violência na zona dos rins e testículos, entre outras zonas.
Maioria dos touros já se encontram, antes de entrarem em espectáculo, com doenças tais como tumores, tuberculoses, hepatite.
Agora, que raio acto de valentia é que o toureiro tem quando se encontra com a "cena" facilitada no momento em que entra em campo?
Que grande valentia! Que grande público que diz ser-se civilizado!
E se fosse só os touros... Os cavalos nem escapam a golpes, hematomas, etc., que são disfarçados pelas "fatiotas", para além de cortarem as suas cordas vocais para que o público "civilizado" não os ouvisse a "guinchar".
Épah que arte!

6 comentários: