quinta-feira, abril 28, 2011 Margarida Lozano 10 Comments

Peripécias Sem Fronteiras XI


Depois de assistir uma conferência, eis que chega a parte da confraternização entre espanhóis e portugueses. Devo dizer que por vezes gostamos de deixar as formalidades de lado chegando ao ponto de... Bem, fica ao vosso critério.
É costume falar inglês entre todos, só que entretanto os espanhóis decidem dar o ar da sua graça e começam a falar espanhol-que-mais-parece-um-TGV, tão rápido que nem conseguimos compreender à primeira... Até ao ponto de não querermos ficar para trás e dar-lhes com um português em cima! Eles não entendem a nossa língua, e sabem porquê? Os próprios dizem que nós parecemos cobras a falar por causa dos "eSes". Só que o português que é Português não se deixa ficar! Daí dissemos que eles ao falarem espanhol mais parece que estão a escarrar palavras, por causa do "Jota" (desculpem a expressão mas não há palavra melhor para descrever). Tudo em tom de brincadeira, claro.
    
Devo confessar que eles até têm razão no sentido de utilizarmos muito a letra S. 
  

10 comentários:

Por terras de "nuestros hermanos"

terça-feira, abril 26, 2011 Margarida Lozano 11 Comments

  
Madrid

Não, desta vez não são férias. A modos que volto amanhã e com uma directa em cima.
Es la vida!
 

11 comentários:

Sem modernices, mas...

segunda-feira, abril 25, 2011 Margarida Lozano 12 Comments


 
Gettyimages

Há algum tempo que pensava em mudar de telemóvel. Não estava à espera de algo particular - se fosse um que servisse apenas para fazer chamadas e SMS, tudo bem.
Hoje em dia vejo quase toda a gente a ser exigente no que respeita a telemóveis: touch, android, acesso á Internet, aplicações 'xpto', etc.. Não vejo mal nisso quando compreendo que algumas pessoas precisam mais para uso profissional ou extrema necessidade; sabemos o quanto a tecnologia cresceu nos últimos 10 anos. Para pessoas menos exigentes não vale a pena ter um modelo que custa (€) os olhos da cara, porque temos consciência que nem metade daquilo que se tem é utilizado. 

Pensei que se é para comprar um telemóvel, pelo menos que tivesse acesso ao wifi, visto que a visualização diária de emails tem sido um ponto obrigatório. 
Alguma vez pensei em comprar um Blackberry ou iPhone? Nunca. Tal defendia (e continuo a defender) o primeiro parágrafo em cima. 
Sugeriram-me o Blackberry, torci o nariz. Receio e pensar na estupidez que é gastar um balúrdio para só utilizar o mínimo. Pois bem, comprei o Blackberry Storm II. Estou bastante satisfeita! - Não só pelas características como também pelo bom uso que estou a dar nele (o que nunca pensei que certas aplicações pudessem dar-me tão jeito).

12 comentários:

domingo, abril 24, 2011 Margarida Lozano 7 Comments

Conversas #19




Ela - Eu avisei mas ele continuava! Eu estava farta de dizer que não queria nada com ele, Margarida! Eu dizia-lhe "I'm compromised! I'm compromised!!", e ele não me ligava...
Eu - (desato-me a rir à gargalhada) Não é "compromised", é "committed"! Não me admira que ele tenha continuado...

 
* Boa Páscoa

7 comentários:

Há raizes que não se esquecem

segunda-feira, abril 18, 2011 Margarida Lozano 20 Comments



Uma coisa que alguns dos emigrantes portugueses gostam muito é serem clássicos, sobretudo se vêm de países como a Suíça, França, por exemplo. Quando voltam para Portugal, têm tanta aquela 'mania' da postura, e insistem em falar francês quando podem muito bem falar português.
No entanto, esquecem-se que há raízes que não podem ser evitadas.

Num parque de campismo, vejo uma família emigrante em que na hora de almoço a mãe vai chamar o filho que está fora de casa a brincar, diz "Venez déjeuner!". O miúdo continua a brincar como se nada fosse.  Volta novamente ela com "Venez déjeuner!!", mas o filho ignora-a completamente! Ao fim de um tempo, a mãe volta e diz: 
- Oh meu filho da p***, eu já não te disse para vires p'ra dentro!!! (aos gritos)

Pronto, e assim que se perde o glamour todo...
 

20 comentários:

Estão a ver este video?

domingo, abril 17, 2011 Margarida Lozano 13 Comments





Desafio-vos que façam o mesmo. Não é difícil.
  

13 comentários:

Saudades tuas

sexta-feira, abril 15, 2011 Margarida Lozano 17 Comments

 
 
   
Faz 5 anos. Recordo-me dele por esta altura, e não deixo de sentir o mesmo aperto no coração.
Dávamo-nos tão bem... riamos e vivíamos intensamente os nossos encontros; sabia o quanto podia contar com ele, e o quanto me fazia bem ele estar perto de mim.
Lembro-me tão bem daquele dia, rodeados de amigos nossos comuns... Olhava para mim de forma muito estranha enquanto ouvia os "desabafos" de uma amiga; parecia que não estava ali e sim embrenhado de pensamentos. Sem nunca parar de olhar, senti que alguma coisa não estava bem nele mas tentei disfarçar enquanto eu conversava com outros nossos amigos.
Quando vi que ele preparava-se para sair, despedindo dos amigos, ele voltou-se em minha direcção e olhou-me de forma tão intensa e fixamente, que me apercebi que ele não queria ir... queria dizer-me alguma coisa. Não me disse uma única palavra, limitou-se a olhar e foi-se embora.
Acordo com uma chamada não atendida dele. Eu sabia que ele queria dizer-me alguma coisa, mas não sabia o quê!

No dia seguinte, o Ricardo morre num acidente de mota.
Não queria acreditar quando soube e tentei telefonar-lhe. Quanto mais ia apercebendo que ele não atendia mais chorava e gritava, desejando que fosse um engano! Não foi.

Até hoje não sei o que querias dizer-me. Tenho saudades tuas.


Quis partilhar com vocês um pouco de um dos meus momentos.
Espero que vos faça pensar.
  

17 comentários:

E porque hoje...

quarta-feira, abril 13, 2011 Margarida Lozano 16 Comments

  

   
... é o Dia do Beijo.
 Dou-vos muitos, muitos!
 

16 comentários:

segunda-feira, abril 11, 2011 Margarida Lozano 16 Comments

Weekend 

   
  
 E foi desta forma que despedi-me das ondas.

  

16 comentários:

Pois, diz que somos especiais...

sexta-feira, abril 08, 2011 Margarida Lozano 13 Comments



Entre a entrada do FMI e a descontracção do povo português, algo não está bem!
Oiço cada vez mais frases como "Achas que eles nos vão fazer alguma coisa? Pior do que já está?", "Eles não vão fazer nada"... e pergunto a mim mesma: mas anda tudo a pensar que é especial?
Não somos mais especiais em comparação a outros países com FMI, muito menos teremos tratamento VIP!
Alguma coisa irão fazer certamente, e que nos irá apertar cada vez mais o cinto.
Estou preocupada assim como muita gente o está. O que é certo é que se a Grécia e a Irlanda estão a aguentar-se com firmeza, o que nos leva a pensar que nós não? Pensa povinho, pensa...
 

13 comentários:

O Melhor Emprego do Mundo

segunda-feira, abril 04, 2011 Margarida Lozano 15 Comments

  

Tem como função "testar a qualidade" das melhores praias paradisíacas do mundo. Com  direito a massagens, idas a festas e a provar vinhos... Isto tudo com o intuito de relatar estas experiências num blog para os leitores da revista "Amelia". Muito tentador sem dúvida, e até desejaria um emprego assim... mas para 3 meses no máximo; pois se muito me conheço não teria paciência para estar 6 meses no mínimo sempre com esta vida. Isto porquê? Se temos ideais e algo que nos faça sentir melhor do que isto (e acreditem que há), damos um redondo NÃO para esta proposta de emprego. Se há coisa que eu gosto é de ser útil para quem precisa, é retirar cada acção minha e aprender com ela. Que os leitores da revista me desculpem mas há gente que precisa muito mais de mim (nós)...
   

15 comentários: