Saudades tuas

sexta-feira, abril 15, 2011 Margarida Lozano 17 Comments

 
 
   
Faz 5 anos. Recordo-me dele por esta altura, e não deixo de sentir o mesmo aperto no coração.
Dávamo-nos tão bem... riamos e vivíamos intensamente os nossos encontros; sabia o quanto podia contar com ele, e o quanto me fazia bem ele estar perto de mim.
Lembro-me tão bem daquele dia, rodeados de amigos nossos comuns... Olhava para mim de forma muito estranha enquanto ouvia os "desabafos" de uma amiga; parecia que não estava ali e sim embrenhado de pensamentos. Sem nunca parar de olhar, senti que alguma coisa não estava bem nele mas tentei disfarçar enquanto eu conversava com outros nossos amigos.
Quando vi que ele preparava-se para sair, despedindo dos amigos, ele voltou-se em minha direcção e olhou-me de forma tão intensa e fixamente, que me apercebi que ele não queria ir... queria dizer-me alguma coisa. Não me disse uma única palavra, limitou-se a olhar e foi-se embora.
Acordo com uma chamada não atendida dele. Eu sabia que ele queria dizer-me alguma coisa, mas não sabia o quê!

No dia seguinte, o Ricardo morre num acidente de mota.
Não queria acreditar quando soube e tentei telefonar-lhe. Quanto mais ia apercebendo que ele não atendia mais chorava e gritava, desejando que fosse um engano! Não foi.

Até hoje não sei o que querias dizer-me. Tenho saudades tuas.


Quis partilhar com vocês um pouco de um dos meus momentos.
Espero que vos faça pensar.
  

Podes Também Gostar De...

17 comentários:

Panda disse...

:( lamento muito

Ritinha disse...

Essa é uma história que deixa uma pessoa a pensar... Deve ser tão mau perder um amigo tão próximo. Não consigo imaginar-me na tua situação :(

beijinho

Sutra disse...

Um beijo para ti! :*

beijo
Sutra

Nokas disse...

Bem, até fiquei sem palavras...lamento muito!

Dina disse...

... ... ...

Beijo grande linda *

OLHOS DE MEL disse...

Guida, a dor de perder um amigo, é profunda demais e não passa, simplesmente torna-se menos dolorosa... [tb perdi a minha melhor amiga].
Tu eras muito especial para ele, a forma como contas, diz-me que ele sentia um carinho muito forte por ti e tu por ele.
O tempo não volta atrás. Muita força.

Lembra-te sempre das coisas lindas que viveram.

Beijo e um abraço do tamanho do mundo.

M. disse...

Não será o melhor post para eu entrar:(

Não gosto da morte. Não porque não a percebo. Pela estupidez que é! Não gosto de estupidez:)

Vintenso disse...

Ha um provérbio chines que diz: "Há 3 coisas que não voltam a tráz, a flecha lançada, a palavra dita e a oportunidade perdida"

Minha querida, desde já obrigado por partilhares algo tão intimo e dificil de deitar para fora como o teu caso, mas lembra-te o que nunca aconteceu não sabemos ao certo o que se perdeu! Podia muita coisa se... mas n foi. Anda em frente, mas aprende com cada passo.

Beijo

Coelha disse...

Oh Guida que historia triste :(
Força amiga, a vida é feita destas coisas infelizmente...
Beijinho grande!

Me disse...

Olá guida, bem eu vinha aqui responder-te a um comentário, algo que achei mesmo banal depois de ter lido alguns comentários, aí, decidi ler o post e pareceu-me daquelas histórias de filmes. É triste, e não te digo que tenhas de esquecer, tens de ultrapassar sem dúvida. Acho que esquecer uma coisa dessas, simplesmente não dá, não esqueças porque é o que faz de ti um ser humano. Mas agora olha para esta história como aqueles filmes que vemos e nos tocam no coração, aqueles em que chorámos, chorámos, mas que depois têm um final feliz, que mesmo enquanto chorámos conseguimos esboçar um sorriso de felicidade. E sei que vai ser assim contigo também :D.
Desejo-te felicidades do mundo do meu coração.

guida disse...

Panda:
:) também eu... beijo

Ritinha:
Ninguém consegue, até passarem por ela... É inevitável. beijo

Sutra:
Obrigada :) beijo

guida disse...

Nokas:
Eu também... beijo

Dina:
Obrigada, amiga. beijo

Olhos de Mel:
É verdade ~ "não passa, mas torna menos dolorosa"... Passaram 5 anos e tenho a cabeça erguida, mas não me esqueço. Lamento também pela tua amiga! beijo

guida disse...

M.:
Não gostamos porque não queremos separar das pessoas que mais amamos... No entanto, ninguém a conhece ou já passou por ela o suficiente para se dizer que não se gosta :) um beijo

Vintenso:
Obrigada!
Andar em frente, ando... afinal de contas já passaram 5 anos: tempo suficiente para andar de cabeça erguida, mas nunca o suficiente para esquecer. O "se..." vai sempre existir. Um beijo

guida disse...

Coelha:
Para além da história, o mais lamentável é a perda. Espero profundamente acreditar que ele possa estar num lugar melhor... Obrigada pela força, querida :) beijo

Me:
Obrigada pela força e carinho! Impossível esquecer. Na verdade eu tento lembrar-me do Ricardo quando se trata de boas recordações. Já foi mais doloroso, mas o tempo é amigo em atenuar a dor. :) beijo

Vera, a Loira disse...

Isto é o tipo de post que nos deixa a olhar para o ecrã com as lágrimas nos olhos sem saber exactamente o que comentar.

Um beijo.

guida disse...

Vera, a Loira:
:) não precisas de comentar, querida. Um beijo para ti também

Joana (Dra-D) disse...

Já nem me lembrava que este teu post, me tinha feito escrever um, e agora ao reler os posts antigos, encontrei o meu, com o devido link para o teu...
E tornei a reler-te...
E digo-te como te entendo... :,(