quarta-feira, fevereiro 15, 2006 Margarida Lozano 4 Comments

Feto in feto

Soube de algo que nunca pensei que pudesse ser possível: Um feto que se desenvolvia dentro de uma criança.
O estudo indica que se tratava de gémeos; o feto "cobriu" outro feto que mais tarde se veio a desenvolver dentro dele (feto in feto).
O feto se desenvolveu como todos outros fetos: tinha pernas, braços, pulmões, rins, coração... com a única diferença de que ele não apresentava cérebro.
Fico a pensar se isto serve como limite ás capacidades da natureza...

"In National Geographic Channel"

Podes Também Gostar De...

4 comentários:

Dalman disse...

Bem... que estranho! Nunca tinho ouvido falar!

O mais próximo disso que vi na tv foi a de uma mulher que tinha um tumor enorme na barriga e que quando o extrairam o tumor era composto por peles, músculos deformados, cabelos e dentes!...

Mas, que estranho! E o que é que aconteceu à criança? Às duas?!

guida disse...

Sim, também já ouvi falar dessa! Uma colega minha disse-me que mostraram fotografias desse tumor no NG.

Penso que só descobriram a situação quando a criança tinha 7/8 anos; a criança está bem, o feto, claro, morreu... Ele permaneceu vivo todo aquele tempo. Ainda me custa acreditar, e pergunto a mim própria se serei mais uma vez surpreendida uma vez que penso que já "vi de tudo". Pois é, pensamos, pensamos... Afinal ainda não vimos tudo. :)

Dalman disse...

Só acho estranho demorarem tanto tempo a descobrir isso!?...

guida disse...

Sinceramente linda, não te sei responder... Pode ter sido uma falha por parte dos pais, podem ser raras as vezes que levam os filhos ao médico. Não sei...