Frustações da Margarida

domingo, agosto 26, 2012 Margarida Lozano 3 Comments

  
VIP.PT

Como já deve ser do conhecimento de muita gente, a crónica de Margarida Rebelo Pinto "As gordinhas e as outras", iniciou uma epidemia de criticas fortes à autora nas redes sociais. A Margarida aproveitou para usar o seu conhecimento nas palavras caras, mas com a mente completamente quente com frustrações pelo meio. O que ela queria dizer é que as mulheres magras/giras são alvo de inveja por parte das mulheres e que os homens as cobiçam, fazendo-as sentir irritadas por não atingirem o que realmente querem. Mas devo dizer: uma mensagem, da Margarida, muito mal passada. Ela não esconde a irritação que tem pelas "gordinhas", notando-se em cada frase da sua crónica; e errando em amenizar a situação dizendo que «À partida, não tem nada contra as gordinhas...», pois nada lhe valerá. 

Para quem usa a cabeça quente e quer libertar a infelicidade que há em si de um modo grotesco, devo dizer que não atinge o que de melhor uma escritora pode ser. Já que é evidente que se trata de uma pessoa infeliz  e mal amada, que não querendo deixar de o demonstrar, poderia ao menos seguir o exemplo da Florbela Espanca - que transmitiu as seus ressentimentos com classe, sem afectar ninguém com julgamentos ou ofensas. Margarida não tem amor verdadeiro dentro dela.

Não é uma escritora com classe. Não admiro a Margarida Rebelo Pinto. 
   

Podes Também Gostar De...

3 comentários:

Ritinha disse...

Ainda não tinha lido a crónica. É de extremo mau gosto. A senhora não tem um pingo de sensibilidade naquela cabeça. O texto é, todo ele, desrespeitoso e ofensivo!

SusanaFonseca disse...

Tb não gostei e achei de um reçabiamento total!
Beijos e boa semana

guida disse...

Ritinha:
Aquilo são frustrações, mas mesmo muitas...


SusanaFonseca:
Dos livros da Margarida Rebelo Pinto, só recebido é que leio... Gosto de comprar algo que realmente valha a pena.