Calharam-me na rifa

sexta-feira, junho 05, 2015 Margarida Lozano 3 Comments

     




De manhã:

Um senhor, que foi multado na sequência de uma fraude, diz-me o seguinte:
- Eu até nem queria dizer esta palavra: "fraude"... Não gosto muito. É uma palavra muito feia, assim forte, sabe?! 
Ao qual sem dó, remato:
- Sr. X, feio e forte é a atitude de quem a pratica.

Gente que tem a coragem de pratica-la mas não tem coragem para sequer pronuncia-la. 


De tarde:

Numa paragem do autocarro, uma senhora deita o lixo para o chão. Eu simplesmente, sendo cordial, apontei para o lixo dela e avisei-a. Fingiu não perceber à primeira, orgulhou-se à segunda, fiz-lhe um desenho porque ela não gostou à terceira, e à quarta vez já eu estava a apontar para o caixote de lixo (que se encontrava a 3 metros dela) após a senhora ter perguntado, com toda a arrogância, onde estava o caixote. Aquela mulher-orgulhosa-com-cara-de-quem-não-gosta-que-lhe-chamem-atenção, não apanhou. Ela saiu da paragem e foi caminhar para a paragem anterior. Quando o autocarro chega e a vejo sentada, fiz questão de sentar ao seu lado para que pudesse levar com a minha presença... Só para ela reflectir um pouco mais durante o caminho... sabem?! 


A modos que hoje foi assim... rifei-os a todos!


Podes Também Gostar De...

3 comentários:

Andreia C. disse...

Sem dúvida que ainda existe muita falta de civismo em Portugal...
E dou-te os meus parabéns pela atitude, que é muito importante e pode ajudar a educar comportamentos!
Hajam mais Margaridas :)

J-o-a-n-a disse...

toma-embrulha!
haja tin-tins! e tu tiveste-os no sitio!
linda menina!

AvoGi disse...

É assim mesmo
Kis :=>}