segunda-feira, julho 05, 2010 Margarida Lozano 10 Comments

Os que não sabem o que andam a sentir/fazer

 
Primeiro vou dizer o que é para mim uma distância: um desafio.
Existem casais que se separam por meterem na cabeça que a relação entre eles é impossível de se manter devido à distância. Então se começam por pensar que o possível é o impossível, ou se acham que essa é a razão para uma relação terminar... devo concluir que deixaram o sentimento morrer e não se esforçaram para as coisas darem certo. Um/a amor/relação que nasce entre duas pessoas que vivem distanciadas por um oceano pode muito bem ser trabalhado se ambos tiverem o mesmo "pincipio"/objectivo - e se este é o de ficarem juntos ao ponto de a distância um dia ser menor, então vale a pena esperar 1 ano, 2 anos, 3 anos... o tempo que for preciso. Agora se não foi "plantado" nenhum objectivo... então que façam-me um favor: não digam que a distância é a razão. Porque não é.

Conheço vários casais [amigos] de diferentes culturas que sofreram e discutiram como qualquer casal, devido à distância,  mas que nunca perderam a vontade/persistência de lutar por aquilo que acreditam: o sentimento. Hoje, alguns são casados e outros simplesmente vivem juntos. Sabem quanto tempo eles tiveram de esperar para estarem juntos sem ter a distância como problema? Podem não acreditar mas foi entre 3 a 6 anos, até concluírem a Universidade e até acharem que estariam preparados financeiramente. Claro que sempre se visitaram um ao outro nem que fosse um vez por ano.

Quero deixar claro: é difícil, nunca disse que era uma situação fácil. A distância é um desafio, o sentimento uma força.
   


   

Podes Também Gostar De...

10 comentários:

Humm... este post diria que é muito subjectivo...
Contudo, de uma certeza eu tenho! Quando se ama verdadeiramente, tudo se supera! Basta existir dois sentimentos: amor e confiança! O resto, vem por acréscimo... ;)

Beijo

P.S.- Já vivi durante 3 anos uma situação assim...

Este comentário foi removido pelo autor.
guida disse...

A minha essência:
Se não fosse muito subjectivo, o post seria muito, muito, muito grande :s eu quis dar apenas uma ideia... um "cheirinho" ;) Aquilo que acabas-te de dizer é aquilo que quis referir no post. beijinhos

Ritinha disse...

Eu penso que não é impossível mas deve ser difícil. Não posso falar muito porque nunca vivi nada assim...

Vera, a Loira disse...

Eu nunca vivi uma situação assim mas acho que sim, pode funcionar se o amor for verdadeiro e a confiança permanecer acima de tudo.

Olhos Dourados disse...

Concordo contigo! Tudo depende de cada um e dos seus objectivos.

guida disse...

Ritinha:
Sim, pensas bem... Fácil não é, nada mesmo! Sinto muito pelos meus amigos, mas sei que no final foi compensador ;)

Vera:
Sim, é precisamente isso ;) beijo

Olhos Dourados:
;) isso mesmo! beijo

BS of Life disse...

Eu penso que a distância não é nada de grave, desde que as pessoas tenham vontade de logo que possam ficarem mais perto. Mas há outros casos, em que as pessoas usam a distância para adiar os compromissos, e isso já não é bom sinal.

Beijinho.

Bloguótico disse...

A solução passa por lavar a distância na máquina de lavar a roupa, num programa desajustado...

... certamente, este processo encolhe-la-ia!! :D

guida disse...

BS of Life:
Pois, parece que a distância serve como desculpa para muita coisa, e mais aproveito para certas pessoas criarem infidelidade. Também acho que não é grave. Beijo

B.:
Engraçadinho... Eu cá prefiro o aspirador, para sugar distâncias! beijo