terça-feira, julho 06, 2010 Margarida Lozano 13 Comments

Mas para quê?


Gostava de compreender como é que alguns adultos nos ensinam desde pequenos a não tomar certas atitudes e quando crescemos vemos eles próprios com atitudes contraditórias.

Adoro quando um pai ou uma mãe está com uma criança e tem a estupidez de atravessar uma estrada [fora da passadeira] com carros em movimento. 
As crianças são ensinadas na escola sobre as cores dos semáforos... e tenho a infeliz visão de uma mãe com uma pequenita, a correrem que nem umas desalmadas e por um triz de não terem sido atropeladas por uma camioneta. Com o sinal vermelho para os peões?!? Que grandíssima ignorante!  

Entretanto, quando espero que o semáforo dê o alerta para eu passar, vejo toda a gente a antecipar-se e uma criança começar a atravessar porque viu toda a gente a fazer o mesmo! O que vale é que a mãe dela puxou-lhe pelo braço indicando que não podia fazer aquilo. Eu tive de ficar quieta para dar o exemplo. 
   
   
 

Podes Também Gostar De...

13 comentários:

Vera, a Loira disse...

Essas coisas também me irritam profundamente, já cheguei a ver crianças em motos e no colo do pai, ao volante, o que me apetecia, dar dois pares de estalos aos progenitores.

BS of Life disse...

São maus hábitos mesmo. Não há melhor regra do que dar o exemplo, vale muito mais do que as palavras.

Bom, existem atitudes de adultos que chegam a pradar aos céus de tanta burrice! Então quanto dão maus exemplos a crianças é de internar!!

Beijo

P.S.- Bem-vinda oficialmente ao Roupa Prática! ;)

AVOGI disse...

Sabes o mal só acontece aos outros os acidentes só acontecem aos outros. é a mentalidade dessas pessoas, infelizmente que naop se pode mudar nem falar senão fazem-nos ficar envergonhados.kis :)

Ritinha disse...

As pessoas andam muito à base do "olha para o que eu digo, não olhes para o que eu faço" --'

Bloguótico disse...

Não me orgulho de o dizer mas pertenço a esse grupo dos grandessíssimos ignorantes! Tenho o (mau) hábito de me precipitar na travessia das vias, em passadeiras ou não! Aliás, havendo passadeira sem sinalização para os peões, por norma, não presto a devida atenção aos veículos que se aproximam e sigo o meu rumo sobre ela... afinal de contas, estou na passadeira e eles pararão... pelo menos até ao dia em que o farão, mas depois de embaterem em mim! :S

Cida disse...

E a verdade, é que as crianças aprendem muito mais através dos exemplos do que das palavras.

Mas o que existe de adulto que não serve de exemplo para nada, também não está no gibi!!

Pena que essa realidade está por todos os cantos!
Pobres crianças!!

Beijinhos

Cid@

guida disse...

Vera:
São essas alturas que desejava que atropelasses esse adultos de meia tigela com a tua bike :p kiss

BS of Life:
Quem me dera que muitos fossem para bons exemplos, mas parece que os maus exemplos são os mais fáceis a seguir! Kiss

A minha essência:
A quem o dizes! A quem o dizes! :/ beijito

guida disse...

AVOGI:
Até ao momento em que lhes acontece, e aí só sabem é lamentar... Mais lamento eu por ver pessoas assim. Tem razão. kiss

Ritinha:
Pois claro! Problema é esse! Já andamos fartos dessa lenga-lenga nao é verdade?! ;) beijo

B.:
Conheço essa tua faceta de não olhares para os lados antes de atravessares... Espero que não apanhes surpresas; cheira-me que se continuares assim mais probabilidades existe de te atropelarem. Adultos não pensam! ;) beijo


Cida:
Verdade, verdadinha! E depois os pais queixam-se que eles andam uns mal educados e que não aprenderam os que lhes ensinaram. Se ao menos eles olhassem para as atitudes/exemplos que dão a eles.... enfim. Beijinhos

Olhos Dourados disse...

Porque as crianças seguem os exemplos dos pais.

guida disse...

Olhos Dourados:
Nem mais! O pior é que costumam seguir os maus costumes do que os bons. Beijo

Su disse...

Já diz o velho ditado: Faz o que eu digo e não o que eu faço! Lembro-me precisamente de quando era miúda e levava sermões sobre determinadas atitudes que seriam as mais correctas de responder várias vezes: Então mas tu também não fazes isso!
E a resposta era esta: Faz o que eu digo e não o que eu faço!
LOL!
Criança sofre :)
beijos

guida disse...

Su:
Confesso que esse ditado nada serve. Que adianta a eles dizerem para não fazermos sem darem primeiro o exemplo? Não dá. Essa frase já começa a ser um factor para cobrir erros dos humanos.

Beijo ;)