segunda-feira, fevereiro 14, 2011 Margarida Lozano 10 Comments

Imagem de nós próprios
 

Maioria dos nossos 'velhos' não passam de simples desprezados pela sociedade. 
Saber que uma idosa de 80 e tal anos foi descoberta, na sua casa, 8/9 anos depois de morta... para mim foi a gota d'água. A família, os vizinhos, as autoridades, associações, assistentes sociais nada fizeram, e se por acaso mexeram um dedo para fazer algo, não foi o suficiente. Pessoas com interesse e preocupação nunca deixariam uma mulher morta durante 8/9 anos a apodrecer no chão da cozinha.
Foi preciso a idosa acumular 1500 euros de divida referentes ao condomínio e impostos do prédio, enquanto falecida, para as finanças se lembrarem dela e ir ao local. Isto sim é desumano!
   
   

Podes Também Gostar De...

10 comentários:

Nokas disse...

É triste, muito triste!!

Lamentável!Do pior...

AVOGI disse...

e depois dessas mais mais esto a aparecer agora sim, já arrombam a porta foi preciso chegar a essa vergonha da sociedade portuguesa
kis :=(

Vera, a Fera disse...

Nem gosto de pensar nisto minha querida. Doi-me a alma.

BS of Life disse...

É desumano, sim, ninguém se dar ao trabalho de arrombar uma porta ao ver a falta de uma pessoa... :(

Um beijinho, Guida!

É claramente desumano o que aconteceu. Não entendo como é possivel vivermos numa realidade assim..

guida disse...

Nokas:
Dó a alma só de saber.

Tilida5ever Design-Rosinha:
Acredita :( :(

Avogi:
Foi o que pensei. Só devido a esta polémica que abriram a pestana. Horrível.

guida disse...

Vera, a Fera:
Eu sei. É doloroso saber que ninguém fez nada e deixaram acontecer isto.

Bs of Life:
:( infelizmente é assim, foram buscar a pior razão para se lembrarem dela.

teorianasnuvens:
Completamente desprezada pela sociedade!... Ela e muitos assim! É triste.

TERESA SANTOS disse...

Para isto sim, JÁ não há palavras.
É a desumanização total, a desumanização a atingir o obsceno!
Só me apete gritar:

QUE RAIO DE SOCIEDADE É ESTA????

guida disse...

Teresa Santos:
Sociedade que está dividida entre os que querem saber e os que têm o rei na barriga... E enquanto houver esta divisão não há nada a fazer, que não eles próprios a mudar.