Pior mesmo é ver com os próprios olhos...

sábado, julho 23, 2011 Margarida Lozano 12 Comments


    
Eu tentei evitar os saldos por uma razão: a confusão da roupa espalhada... Não tenho vontade nenhuma de comprar nada devido a montes e montes de peças e produtos super amontoados que não dá sequer para ver... então se uma loja for pior que uma feira (roupa espalhada no chão) vou logo embora. Estes vídeos foram gravados no 2º dia dos saldos, no Sábado (o pior dia que poderia ter ido!) na loja Primark. Mal entrei vi algumas senhoras a ver freneticamente as roupas como se estivessem numa competição. "Isto está bonito...", pensei. Entretanto paro, deixo de lado o motivo pelo qual fui até lá, e observo por momentos o que está a minha volta: stress, pânico, gritarias, correrias, muita roupa espalhada, frustações... 
Ultimamente, os saldos para mim têm feito mais sentido num dia de semana e antes da hora de ponta! Não tem nada a ver!
  

Podes Também Gostar De...

12 comentários:

Panda disse...

Linda eu trabalho numa loja (não de roupa) mas também dá para perceber os animaizinhos que os consumidores portugueses conseguem ser.
Em Nova Iorque em lojas igualmente baratas, cheias de roupa e com mais pessoas que num centro comercial inteiro, não vi nada minimamente parecido com o que mostras nos vídeos, é o consumidor português, acredita.

Luzinha disse...

Terá sido um furacão ou foi um concerto do Tony Carreira? Ahhh... ok, já percebi.... Saldos! Ok... é mesmo rídiculo!! -.-

Nokas disse...

Credo!! Eu cada vez menos gosto dos saldos...

Mimi Macaca disse...

Olá!
Eu trabalho numa loja de roupa e é por estas coisas (que ilustras muito bem) e outras que tais que eu odeio saldos, de todo o coração! Isto porque a par com o que a Panda referiu no blog dela (que me levou a chegar ao teu) o nosso atendimento é fantástico quando comparado com o de alguns países e cada vez mais o cliente acha que pode fazer e desfazer como lhe apetece.
A célebre frase "O cliente tem sempre razão" é de tal maneira errada mas está tão enraizada que dá nestas coisas. Nós (funcionárias) também devíamos ter acesso ao livro de reclamações..!

Manuela disse...

Guida, felizmente que nunca vi nada assim! Se não tivesses filmado, nem acreditava!! :o

Ritinha disse...

Eu só vou aos saldos quando há menos movimento e, mesmo assim, quase nunca compro nada. As coisas que eu mais gosto são aquelas que já são da nova colecção, o que é uma chatice --'

Beijinho

Frutinha disse...

Cheguei ao teu blog atraves do blog da Panda em que falava sos saldos.
É semplesmente assutador... e nogento! Credo.

Marta disse...

Não gosto da confusão. Prefiro ir às lojas pela abertura porque assim é mais fácil encontrar as coisas no sítios e até os empregados são mais amáveis uma vez que ainda não estão saturados.

guida disse...

Panda:
Mas tem uma coisa que aprecio: a simpatia. conseguimos ser mais simpáticos que outros países!

Luzinha:
Consumismo puro!

Nokas:
Eu gosto de aproveitar os descontos, mas com tanta confusão não consigo estar num centro comercial.

guida disse...

Mimi Macaca:
Louvo a tua paciência! Não é nada fácil! E claramente que o cliente não tem sempre razão. É uma frase que espetam para "acalmar os ânimos". Obrigada pela visita!

Manuela:
E acredita que já vi pior! Obrigada pela visita!

Ritinha:
Acontece muito isso! Mas como sei que costumam renovar os produtos para entrarem nos saldos eu não deixo de dar uma olhadela, mas só quando tiver menos movimento!

guida disse...

Frutinha:
Obrigada pela visita!
É mais falta de educação e olho no próprio umbigo! :)

Marta:
Também gosto MUITO, mas ultimamente não tenho sabido das novidades!

Susana Fonseca disse...

Olha que já fui a feirasmais arrumadas e onde não há roupa no chão ;) bjo