segunda-feira, janeiro 25, 2010 Margarida Lozano 3 Comments

Onde os nossos lábios chegam...

Há coisa de 6 meses uma colega minha esteve a contar-me de um facto que aconteceu com a amiga do patrão dela. E acreditem que ainda hoje me espanta! Como me lembrei da situação decidi falar sobre isso aqui.

Esta tal "amiga-do-patrão" tinha tirado umas férias num país - que não me recordo muito bem o nome - e após o primeiro dia, ela e as amigas decidiram ir a uma discoteca para relaxar um bocado.
Copo puxa copo, conversa puxa conversa, e de repente a "amiga-do-patrão" curte com um homem que tinha acabado de conhecer e o ambiente começa a aquecer... Então este decide convida-la para ir ao apartamento dele. Ela nega, e à qual ele responde:
- Ok, tudo bem. Dou-te o meu cartão, e caso mudes de ideia diz-me que estarei por aqui.
E ela "ok".
O que é certo é que ela nunca lhe contactou e voltou para Portugal sem o ver mais.
...
Dois meses depois ela decide ir fazer uns exames porque tinha reparado numa coisa estranha nos lábios, à qual evidenciava herpes. Fez os exames tudo muito bem... No entanto quando os exames ficaram prontos a funcionária do hospital em Lisboa contacta-a para ir até ao local com máxima urgência.
Quando ela chega ao hospital depara-se com a PJ. Estes fazem-lhe questões e ela, completamente nervosa, sem perceber o que se passava ali. 
Então foi aí que eles disseram que nos resultados dos exames encontraram resíduos de cadáver nos lábios dela.
Estão a imaginar a cara com que fiquei quando a minha amiga contava-me aquilo... Então da cara dessa mulher nem falo!
A PJ tentando perceber a situação perguntou-lhe onde tinha estado nos últimos meses e com quem.
Ela contou que tinha feito uma viagem com as amigas, que conheceu um homem na discoteca, etc.. Contou tudo.
PJ- Tem algum contacto do senhor com quem esteve?
À qual ela respondeu que "não". Mais tarde lembrou-se que tinha um cartão dado por ele e disse a PJ.
Então imaginem: A PJ contactou as autoridades do país onde ela passou férias,  estes foram até ao local onde o homem residia e acabaram por encontrar 5 cadáveres dentro da casa dele.

Se ela tivesse resistido também seria mais uma vitima.
Não sei se chegou a ser noticia em um jornal, não sei... o que eu sei é que este tipo de situações pode acontecer com qualquer pessoa...

Podes Também Gostar De...