quinta-feira, setembro 02, 2010 Margarida Lozano 17 Comments

Conversas #12



No metro:

Ela - Já não há cavalheiros! (completamente resignada)
Ele - [ao levantar-se dirigindo a ela] Minha senhora, cavalheiros até há, não há é lugares!
   
      

Podes Também Gostar De...

17 comentários:

Otário disse...

ahahah bom homem!
ainda os há, ainda os há...

Martinha disse...

ahah gostei :D
mas ainda há cavalheiros, sim sr!

Muito bem dito.
Aliás, porque é que os homens "têm" de ceder os lugares às mulheres? Não querem igualdade de direitos? Ora pois...
*

Marta disse...

He he...com essa ela não contava ;)

Risos... perdeu a oportunidade de estar calada! LOOL

Beijo

Vera, a Loira disse...

Gargalhada...

AVOGI disse...

bem verdade!

Zen disse...

LOOOL Fogo, eu geralmente costumo dar lugares e esperar que as meninas entrem primeiro, mas confesso que se antes mesmo disso alguém me ralha-se desse jeito eu não levantava o meu belo rabo LOL

Bloguótico disse...

Claramente, eu não estava no metro... nesse momento!!! :)

BS of Life disse...

:D

Há mas poucos.

Olá, sou um blogger ainda pequenino mas queria aproveitar esta oportunidade de elogiar o teu blog já grande, que tive o prazer de colocar nos meus “Blogs Recomendados”, em www.tonisices.blogspot.com.
Parabéns pelo bom trabalho e continua a ganhar seguidores x)

Ritinha disse...

Isso até é verdade... Os lugares romanticos estão quase todos extintos --'

guida disse...

Otário:
Eu ainda tenho esperança que sim!

Martinha:
Pena que não é uma "característica" de todos!

Nuvem de Algodão Doce:
Eu respeito a igualdade, estou em pleno de acordo com ela. No entanto, um gesto desses aprecia-se sempre ;) E as mulheres por vezes também acedem o lugar a alguns homens.

guida disse...

Marta:
Não contava não! Nem os que presenciaram! LOL

A Minha Essência:
Concordo! LOL

Vera, a Loira:
Vá lá, que deu para rir... Alguns têm bom sentido de humor.

guida disse...

AVOGI:
Nunca tinha pensado na perspectiva do "cavalheiro", confesso ;)

Zen:
Já me aconteceu isso - dar lugar a senhora mesmo após ter "ralhado" por não lhe dar lugar. Nem um "obrigada" disso... Fiquei com aquela sensação de arrependimento, mas depois ignorei...

Bloguótico:
Se o dizes... ;)

guida disse...

BS of Life
(In)felizmente :)

António:
Muito obrigada pela visita! Obrigada por esse privilégio, e fico contente por teres gostado do Leves e Ausentes.

Ritinha:
Hm-hm... true. Sorte é aquelas/es que ainda vêm romantismo na vida delas/es ;)

Su disse...

:) lol